Guardiola reage à revolta de De Bruyne: ‘Precisamos de um jogador que…

5 minutos de leitura

Kevin De Bruyne e Pep Guardiola protagonizaram um momento polêmico neste domingo (10). O meia ficou furioso ao ser substituído e reclamou com a comissão técnico. Depois do apito final, o treinador do Manchester City explicou a substituição e falou a revolta do belga.

O Manchester City estava conseguindo um ótimo resultado em Anfield, liderando o placar na etapa inicial contra o Liverpool após o gol de Stones. No entanto, os donos da casa empataram no segundo tempo com Mac Allister. Mesmo precisando da vitória, Guardiola optou por substituir De Bruyne, que saiu de campo revoltado.

Guardiola conversou com a “Sky Sports” depois do jogo e minimizou a discussão com o meia.

— Gostei. Agora ele está feliz. Eu gosto que ele esteja chateado. Ele tem uma chance de provar no próximo jogo o quanto eu estava errado.

De Bruyne foi substituído aos 24 minutos do segundo tempo. Ainda para a “Sky Sports”, o técnico explicou os motivos para a saída do meia e a entrada de Kovacic.

— Precisamos de um jogador que mantenha a bola. Não se trata de pressionar. Kovacic é muito bom nisso. Ficamos felizes com Kevin. Não é um problema. Estamos bem.

Atmosfera de Anfield e rivalidade com Klopp

Além do confronto espetacular entre dois dos principais candidatos ao título da Premier League, as arquibancadas do Anfield foram destaque. Os torcedores foram participativos durante a partida e a atmosfera chamou a atenção de Guardiola.

— Naquele estádio se você tem que defender alguma coisa, você tem que jogar e jogar e jogar. Demos o pênalti e mais cedo ou mais tarde com este estádio você tem 15 ou 20 minutos e parece um tsunami, chegando para todos que estão com a bola. Sei o quão difícil é em Anfield. É difícil também no Etihad, o Liverpool não vence lá há oito anos. Provamos que ambos os lados somos competidores incríveis. Eu preferiria uma vitória, mas isso prova para muitos a qualidade que eles têm. Foi bom para todos.

O treinador também analisou o desempenho do Manchester City e exaltou o Liverpool, celebrando o ponto conquistado fora de casa contra um grande adversário.

— Começamos muito bem. Nunca devemos esquecer quando jogamos neste estádio, caso contrário não teremos chance, sabendo que será tão difícil. Foi um jogo acirrado em alguns momentos. Não é um jogo em que um time controla o tempo todo. Muito crédito para o Liverpool. Eles provaram mais uma vez que o que fizeram é inacreditável para esta rivalidade. Sei como é difícil chegar aqui e vencer. Os jogadores deram tudo. Dou crédito ao adversário e fico com o ponto.

Em outro ponto da entrevista para a “Sky Sports”, Guardiola exaltou Klopp e afirma que o treinador deve retornar em breve aos gramados. Os dois técnicos realizaram o último confronto pela Premier League depois de protagonizaram grandes duelos na Inglaterra. O alemão irá deixar o comando do Liverpool no final da temporada.

— Ele estará de volta! Ele ama demais o trabalho. O que posso dizer? Ele nos tornou um time melhor, me tornou um técnico melhor. Desejo que ele volte logo, porque o futebol precisa personalidades como ele. Não precisaríamos de um abraço para mostrar respeito. Ele defende o clube dele, eu defendo o meu. Nossa história fala por si. Ainda temos 10 jogos pela frente, muitas coisas podem acontecer.

Jürgen Klopp e Pep Guardiola no confronto entre Liverpool e Manchester City (Foto: Icon sport)
Jürgen Klopp e Pep Guardiola no confronto entre Liverpool e Manchester City (Foto: Icon sport)

Guardiola fala sobre lesão de Ederson

A partida trouxe uma enorme preocupação para a Seleção Brasileira. Ederson está presente na primeira lista de convocados de Dorival Júnior, para os amistosos em março contra Inglaterra e Espanha, nos dias 23 e 26, respectivamente.

No entanto, o goleiro precisou ser substituído aos 11 minutos do segundo tempo. O brasileiro cometeu o pênalti em Darwin Núñez e ficou sentindo dores na perda depois do lance.

Segundo o jornalista Joe Bray, da “Manchester Evening News”, Ederson deixou Anfield mancando. Na entrevista pós jogo para a “Sky Sports”, Guardiola também falou sobre o brasileiro.

— Eu não sei sobre a extensão da lesão de Ederson, mas faz um barulho que sugere que não é uma boa notícia.

Ederson Manchester City
Ederson saindo lesionado de Liverpool x City (Foto: Icon Sport)
Gabriel Lemes
Gabriel Lemes

Me formei em Jornalismo pela Univap em 2019 e sou redator da PL Brasil. Já escrevi para o Quinto Quarto, Minha Torcida, Futebol na Veia e Portal Famosos.