‘Às vezes, precisa de conflito’: Guardiola acende polêmica sobre briga no Bayern

1 minuto de leitura

O Manchester City abriu uma vantagem considerável com a vitória no primeiro jogo das quartas de final da Champions League, diante do Bayern de Munique. O time de Pep Guardiola bateu os bávaros por 3 a 0 no Etihad Stadium.

Depois do confronto, o clima no vestiário do clube alemão não foi o dos mais amigáveis. Houve confusão e Sadio Mané desferiu um soco na boca de Leroy Sané. O ex-jogador do Liverpool foi punido pelo Bayern.

A repercussão do ocorrido chegou à Inglaterra, principalmente por se tratar de dois ex-jogadores da Premier League. Pep Guardiola, que comandou Sané no City e foi técnico do Bayern, disse que, “às vezes, o time precisa de conflito para se unir”.

Leia mais:

Bayern de Munique: Mané sofre grave punição por soco em Sané

Premier League: qual o recorde de gols?

Guardiola polêmico

Pep Guardiola, treinador do Manchester City, o time que mais gasta com comissões na Premier League - Foto: PA Images / Icon Sport
Pep Guardiola durante jogo do Manchester City – Foto: PA Images / Icon Sport

Em entrevista coletiva antes do confronto de volta diante do Bayern, em Munique, o técnico do City foi questionado sobre a confusão que houve no vestiário rival. Para ele, é uma situação “normal”.

— Às vezes, você precisa de um conflito para fazer com que o time fique mais unido. Tenho certeza disso. E isso não é um ponto fraco para eles ou uma vantagem para nós – disse Guardiola.

O catalão comandou o Bayern antes de aceitar o projeto do Manchester City. Foram três temporadas e sete títulos conquistados, incluindo três edições da Bundesliga entre 2013/14 e 2015/16.

Seu conhecimento sobre a equipe também foi argumento para minimizar a confusão entre Mané e Sané. Guardiola também se colocou no lugar do adversário: para ele, se fosse o contrário, a situação não seria muito diferente no City.

— Eu conheço o clube (Bayern) perfeitamente e alguns de seus jogadores. Eu consigo imaginar a situação: quando nós jogarmos lá, os jogadores (do Bayern) vão dar o seu melhor. A melhor performance do Bayern será na próxima quarta, na Allianz Arena – afirmou o treinador.

As duas equipes voltam a se enfrentar nesta quarta (19), na Allianz Arena, em Munique, às 16h no horário de Brasília. O time de Guardiola pode perder de até dois gols de diferença que ainda assim passará de fase.

Guilherme Ramos
Guilherme Ramos

Jornalista pela UNESP. Escrevi um livro sobre tática no futebol e sou repórter da PL Brasil. Já passei por Total Football Analysis, Esporte News Mundo, Jumper Brasil e TechTudo.

Contato: [email protected]