Guardiola é duro e cutuca Grealish em baixa no Manchester City

5 minutos de leitura

Jack Grealish vive um momento turbulento no Manchester City. O jogador, que custou 100 milhões de libras ao clube em 2021, não conseguiu se firmar como titular nessa temporada e tem atuado pouco nos últimos jogos. Isso virou assunto para Pep Guardiola.

Nesta terça-feira (27), antes da partida contra o Luton Town pela FA Cup, o treinador abordou a situação do atleta e foi duro.

Grealish preocupa Guardiola

Em apenas 14 jogos da Premier League nesta temporada, metade deles como reserva, Grealish ainda não conseguiu se destacar. São 26 jogos em todas as competições até o momento, e o inglês marcou apenas três gols e deu duas assistências.

Grealish Manchester City
Foto: Icon Sport

Guardiola, apesar de reconhecer o talento do jogador, foi direto ao falar sobre seu desempenho:

— É o mesmo jogador, tem o mesmo treinador e a forma como joga não mudou. A diferença é que antes ele jogava bem e agora não.

Apesar das críticas, o comandante dos Citizens não desistiu do seu camisa 10. O treinador catalão acredita que o jogador ainda pode ser importante para o time e faz um alerta.

— Já disse desde o primeiro dia, precisamos dele. Ele é um jogador importante para a nossa equipe, mas depende dele. Espero que ele possa ter três bons últimos meses – afirmou Guardiola.

Grealish pelo Manchester City:

  • 115 jogos
  • 14 gols
  • 17 assistências
  • 2x Premier League
  • 1x FA Cup
  • 1x Champions League
  • 1x Supercopa da Uefa
  • 1x Mundial de Clubes

Sem tempo para ‘adaptação' no Manchester City

Guardiola também descartou a ideia de dar mais tempo de jogo a Grealish para que ele recupere o ritmo: “Não posso dar aos jogadores três ou quatro jogos para conseguirem o ritmo. São eles que têm de encontrar ritmo para jogarem 20 ou 90 minutos”.

— No mais alto nível, o time não espera por você. Você não pode dar a alguém três ou quatro jogos para deixá-lo em forma. O que acontece então com os outros dez que não jogam? Eles não merecem? É preciso ver todos os treinos e os pequenos detalhes. Os jogadores não precisam me convencer, têm que se convencer de que merecem jogar – ponderou o treinador.

Guardiola Manchester City
Foto – Icon Sport

Grealish foi contratado pelo Manchester City como a maior transferência da história do clube. O jogador era um dos destaques do Aston Villa antes de se mudar para Manchester, e a pressão sobre seu desempenho é grande desde então, devido ao alto valor pago por sua transferência.

Guardiola, por sua vez, é um técnico exigente e sempre cobra muito de seus jogadores. O encaixe do camisa 10, um jogador menos ortodoxo e que “precisa” mais da bola e de liberdade, sempre foi um debate para a equipe azul.

Guilherme Ramos
Guilherme Ramos

Jornalista pela UNESP. Escrevi um livro sobre tática no futebol e sou repórter da PL Brasil. Já passei por Total Football Analysis, Esporte News Mundo, Jumper Brasil e TechTudo.

Contato: [email protected]