Guardiola diz que não vai se desculpar com torcida após polêmica

Manchester-City-Pep Guardiola Clive Brunskill Collection Getty Images Sport 2
Clive Brunskill Collection Getty Images Sport 2

A fala de Pep Guardiola após a vitória do Manchester City contra o RB Leipzig pela Champions League continua repercutindo na Inglaterra. Em suma, o catalão pediu que os torcedores da equipe lotassem o Etihad Stadium nos próximos jogos, visto que apenas 38 dos 55 mil assentos estavam ocupados na partida mais recente.

O pedido do treinador não foi bem visto pela torcida. Nas redes sociais, os fãs se revoltaram e criticaram duramente a fala do comandante. Depois de toda a repercussão, Guardiola finalmente se manifestou novamente sobre o assunto.

“Disse que estava decepcionado porque o estádio não estava cheio contra o Leipzig. Cada um interpreta como quiser, mas eu não vou me desculpar pelo que disse. Temos conquistado muitas coisas e agora precisamos do apoio da torcida”, declarou.

Desde que o público voltou a frequentar os estádios na Inglaterra, o Manchester City fez quatro jogos em casa e goleou Everton, Arsenal e Norwich por 5 x 0. Além disso, aplicou o sonoro 6 x 3 no RB Leipzig. Os bons números no Etihad Stadium foram um dos motivos para Guardiola pedir mais participação dos fãs.

Neste próximo sábado (18), os Cityzens voltam a jogar em seus domínios. O adversário da vez é o Southampton, pela 5ª rodada da Premier League 2021/22. Com nove pontos em quatro partidas, o Manchester City aparece logo atrás dos líderes Chelsea, Liverpool, Manchester United e Everton, que têm 10. A saber, o único revés da equipe no torneio se deu contra o Tottenham, logo na estreia.

Foto Destaque: Divulgação/Clive Brunskill/Getty Images Sport