Premier League: Guardiola, Arteta e… candidatos a melhor técnico têm surpresas

5 minutos de leitura

A Premier League anunciou oficialmente nesta quinta-feira (18) os candidatos ao prêmio de técnico do ano. Uma lista de seis nomes, incluindo os líderes Pep Guardiola e Mikel Arteta, mas também com “surpresas“, foi divulgada e a votação foi aberta. O anúncio será feito no dia 30 de maio.

A votação é aberta para o público até a próxima segunda-feira (22), às 8h no horário de Brasília, e pode ser feita no site oficial da Premier League. Eles serão combinados aos votos de especialistas para decidir o vencedor.

No último final de semana, o Campeonato Inglês viveu a sua 36ª rodada. A temporada se encerra no dia 28, um domingo em que todas as equipes jogarão, simultaneamente e ao meio-dia, a rodada final do calendário.

Técnico do ano da Premier League: candidatos

Entre os seis nomes listados pela liga, estão os óbvios, os em ascensão e até possíveis surpresas. A Premier League divulgou que Mikel Arteta, Roberto De Zerbi, Unai Emery, Pep Guardiola, Eddie Howe e Marco Silva disputam o prêmio.

Mikel Arteta – Arsenal

Arteta levou o Arsenal a uma campanha histórica e comparada aos Invencíveis de 2003/04, mas viu a equipe coincidir tropeços com um momento avassalador do Manchester City e, por consequência, perdeu a liderança do campeonato. Até o momento da nomeação, o Arsenal disputou 36 rodadas, com 25 vitórias, seis empates e três derrotas, com 83 gols marcados e 42 sofridos. Com mais uma vitória, Arteta iguala o maior número de triunfos dos Gunners na história da Premier League.

Roberto De Zerbi – Brighton

De Zerbi em partida do Brighton - Icon Sport
De Zerbi em partida do Brighton – Icon Sport

O italiano elevou um Brighton já promissor com Graham Potter a voos mais altos. Flertou com a classificação para a Champions League durante a temporada e ainda pode se garantir em uma competição europeia. De Zerbi chama atenção pelo estilo de seus times e os resultados também o ajudam: em 28 jogos à frente dos Seagulls, venceu 13, empatou seis e perdeu nove, com 55 gols marcados e 40 sofridos.

Unai Emery – Aston Villa

Depois de uma passagem sem tanto brilho no Arsenal, Emery retornou à Premier League com sucesso no Aston Villa. A equipe estava brigando para não cair, e o espanhol o levou à briga por competições europeias. Até o momento são 23 jogos, 14 vitórias, três empates e seis derrotas na temporada.

Pep Guardiola – Manchester City

Guardiola está perto de levar o City a mais um título de Premier League, mas também está na final da FA Cup e da Champions League. Com 11 rodadas invictas para assumir a liderança, a equipe do catalão pode se tornar campeã do Campeonato Inglês já na próxima rodada. Caso seja eleito o técnico do ano, Guardiola levaria o quarto troféu e se isolaria como o segundo maior vencedor, atrás apenas de Sir Alex Ferguson (11).

Eddie Howe – Newcastle

Eddie Howe, treinador do Newcastle - Foto: Twitter @NUFC
Eddie Howe, treinador do Newcastle – Foto: Twitter @NUFC

Na primeira temporada completa do Newcastle como “novo rico”, Eddie Howe levou a equipe à melhor defesa do campeonato e se manteve no top-4 durante praticamente toda a campanha. Além de ter chegado à final da Copa da Liga, os Magpie, que estão na 3ª posição, podem voltar à Champions League desde 2002/03.

Marco Silva – Fulham

O português levou o Fulham a uma campanha surpreendente na Premier League em 2022/23. Depois de ser promovido da Championship na temporada passada, a equipe se reforçou com nomes como Andreas Pereira e Willian, e mesmo com o principal destaque, Aleksandar Mitrovic, ter perdido praticamente um terço do ano, vão terminar o campeonato entre os 10 primeiros.

Guilherme Ramos
Guilherme Ramos

Jornalista pela UNESP. Escrevi um livro sobre tática no futebol e sou repórter da PL Brasil. Já passei por Total Football Analysis, Esporte News Mundo, Jumper Brasil e TechTudo.

Contato: [email protected]