Gregg Broughton é o primeiro passo para a nova era do Blackburn Rovers

Gregg Broughton é o primeiro passo para a nova era do Blackburn Rovers
O CEO Steve Waggott anuncia Gregg Broughton como diretor de futebol do Blackburn | Foto: Reprodução/Blackburn

O Blackburn anunciou Gregg Broughton como novo diretor de futebol. Com passagem no futebol norueguês, britânico é a aposta para projeto que tenta levar o clube de volta à Premier League.

Primeiramente, já era imaginada uma reformulação na equipe do Blackburn após mais uma temporada de altos e baixos.

Decerto, com ótimos momentos durante a campanha 21/22 da Championship, o fim dramático e uma quase qualificação para os play-offs foram resultados modestos para as ambições da equipe.

Dessa forma, com a saída do treinador Tony Mowbray, que não teve seu contrato renovado, mudanças aparentam ser um tema recorrente no futuro próximo dos Rovers

Em complemento, houve o fim de contrato de alguns jogadores, além da despedida de outros em empréstimos. Inclusive nomes importantes da última campanha, como: Reda Khadra e Jan van Hecke (Brighton), Ryan Giles (Wolves).

Ainda, se é esperada a despedida de Deyovaisio Zeefuik (Hertha). O jogador chegou em janeiro por empréstimo, mas pouco conseguiu se livrar das lesões e atuar pela equipe.

Portanto, para organizar tamanha mudança na equipe, um novo diretor de futebol era esperado. Alguém para ajudar o time a se reestruturar e ficar ainda mais forte na luta pela volta à Premier League.

Dessa forma, o time de Blackburn apostou em Gregg Broughton, britânico que, além de sua experiência na Inglaterra, trabalhou nos últimos meses no Bodo/Glimt, da Noruega.

Para contexto, Broughton comandou categorias de base de equipes como Luton Town e  Norwich, antes de se aventurar na Escandinávia em 2017. Inclusive, nomes como Max Aarons e Jamal Lewis são alguns jogadores que chegaram sob sua tutela.

Seu trabalho no Bodo/Glimt 

Além disso, apesar de o futebol norueguês não figurar entre as potências da Europa, é importante ressaltar o impacto do Bodo/Glimt nas últimas temporadas. Afinal, apesar da 8ª colocação nessa temporada, a equipe era a atual bicampeã do campeonato nacional.

Nessa temporada, conseguiu fazer ótima campanha na Liga da Conferência Europeia, vencendo a campeã Roma 6×1 ainda na fase de grupos e saindo penas nas quartas de finais da competição, quando foi batida após novo enfrentamento com o time italiano.

O que esperar de Broughton nos Blackburn?

Portanto, Gregg Broughton traz consigo ótimas referências. Em especial no quesito promover participação de jogadores da base no plantel principal das equipes por onde passa. Vale lembrar que o Blackburn segue uma filosofia parecida quanto aos jovens desenvolvidos em casa. O clube atingiu incríveis 500 partidas seguidas com pelo menos um jogador da base no elenco. Além disso, quase 40% dos minutos totais da equipe teve jogados por jovens vindo da Rovers Academy.

Enfim, essa união se mostra com potencial para dar ótimos frutos. Em especial se o treinador apontado, que ainda não está definido, seguir uma filosofia parecida.

Por último, após uma temporada cheia de incertezas e certa decepção, é um momento empolgante para os Rovers. Assim, Blackburn anuncia Gregg Broughton, visando futuro sustentável e sucesso nos gramados.