Giovanni Simeone – Mercado da bola, transferências, rumores e estatísticas


Giovanni Pablo Simeone Baldini é um jogador sul-americano, de nacionalidade Argentina, que atua como atacante pelo Hellas Verona, da Itália. Apesar de argentino, o atleta nasceu na Espanha, em 5 de julho de 1995.

Filho do ex-jogador Diego Simeone, atual treinador do clube espanhol Atlético de Madrid, Giovanni iniciou a carreira em seu país e, em poucos anos, mobilizou o mercado da bola. Sendo assim, alcançou grandes marcas e títulos também pela Seleção Argentina.

Giovanni Simeone – Início da carreira

Formado pelas categorias de base do River Plate, da Argentina, o jogador iniciou sua trajetória no futebol profissional em 4 de agosto de 2013, dia em que estreou pela equipe principal do time. Assim, seu primeiro gol foi marcado em 8 de setembro deste mesmo ano, contra o argentino Tigre, jogando em casa.

Dessa forma, movimentou o mercado de transferência do futebol argentino quando, em 2015, aos 20 anos, foi emprestado ao Banfield. Entretanto, mais tarde retornaria ao clube em que o revelou e que o marcou com grandes conquistas.

Trajetória, conquistas e highlights de Giovanni Simeone

Em sua passagem pelo River, o atacante obteve um ótimo desempenho atuando pelas competições nacionais e ligas internacionais. Entrou em campo 30 vezes, marcou quatro gols e ofereceu três assistências.

Então, foi vestindo a camisa do time argentino que conquistou seu primeiro título na carreira, logo na temporada 2013/14. Portanto, após a vitória por 2 x 1 contra o Atlético Nacional, da Colômbia, o jogador e seus companheiros puderam comemorar o título da Copa Sul-Americana 2014.

Neste mesmo ano, a equipe de Buenos Aires conquistou também a Copa da Argentina, o que garantiu mais uma taça para o currículo de Giovanni. Entretanto, foi na temporada de 2015 que obteve seu maior triunfo: campeão da Copa Libertadores da América, após vencer o Tigres, do México.

Consequentemente, o River Plate jogou a Recopa Sul-Americana, isso porque venceu a Libertadores, e carimbou seu nome como vencedor da competição, após bater o conterrâneo San Lorenzo, campeão da Sul-Americana dessa mesma temporada.

Além disso, o filho de Diego Simeone foi peça fundamental para a Seleção Sub-20 da Argentina, visto que em 13 jogos disputados no Campeonato Sul-Americano de 2015, marcou 11 gols.

Foi premiado como o artilheiro da competição e mais do que isso, levantou o troféu de campeão. A saber, o jogador também foi convocado pela Seleção Principal para disputar os Jogos Olímpicos de 2016.

Ainda em 2015, o clube decidiu entrar no mercado da bola e emprestou o atleta ao time argentino Banfield, onde atuou em 35 jogos e carimbou as redes 12 vezes. Após breve passagem pela equipe de cores verde, branco e dourado, Simeone retornou ao River.

Transferência e mercado da bola de Giovanni Simeone

Após perder espaço na equipe argentina, o atacante ingressou no mercado de transferência, novamente, em 2016 e foi para a Itália, país em que joga até hoje. Apesar de muitos rumores terem surgido sobre uma possível ida para a Inglaterra, o atleta se firmou como um dos destaques da Serie A.

Na Europa, defendeu o Genoa, Fiorentino, Cagliari e por fim, o time do Verona. Neste último, o jogador chegou como empréstimo e com pouco tempo jogando pelo Hellas, demonstrou-se mais maduro e experiente, chamando a atenção de clubes ingleses e sul-americanos.

Enquanto fazia a sua melhor temporada como jogador, surgiram alguns rumores em relação à compra em definitivo do futebolista. Dessa forma, após ser considerado o melhor jogador da Serie A em outubro de 2021, momento em que marcou sete gols em cinco partidas, os Gialloblus se interessaram em adquirir o jogador.

Sendo assim, o mercado da bola para Giovanni Simeone foi novamente agitado. Contudo, dessa vez, foi comprado e anunciado pelo próprio Hellas Verona como a principal contratação da temporada para reforçar a equipe. Visto como destaque do time, o atleta está vivendo uma ótima fase na carreira e pretende buscar seu primeiro título europeu.

O Verona finalizou o Campeonato Italiano em 9º lugar e pretende chegar com muita força neste ano. O objetivo principal é alcançar alguma vaga nas competições internacionais.