Garçom da UEFA Champions League 2021/22, Bruno Fernandes conta com fator CR7 para boa partida do Manchester United

Garçom da UEFA Champions League 2021/22, Bruno Fernandes conta com fator CR7 para boa partida do Manchester United
Foto: Divulgação/ Manchester United

Bruno Fernandes é o líder de assistências na UEFA Champions League 2021/22. Ademais, o meia contribuiu com passes para gol em todos os jogos que participou da competição. O Manchester United enfrenta o Atlético de Madrid pelas oitavas de final, o português falou com a imprensa antes do duelo.

Garçom na UEFA Champions League

Em mais uma temporada brilhante, o camisa 18 tem jogadores ainda mais qualificados e também mais entrosamento com a equipe. Dessa maneira, sendo o líder de assistências na Champions (6).

Na estreia contra o Young Boys, o meia serviu Cristiano Ronaldo, na ocasião a equipe do United perdeu por 2 a 1.

Na 2ª rodada contra o Villarreal em Old Trafford, Bruno Fernandes fez uma jogada ensaiada de falta com Allex Telles que acertou um lindo chute.

No primeiro duelo contra a Atalanta. O primeiro passe foi espetacular, o meia encontrou Rashford, que fez o primeiro da reação dos Diabos Vermelhos. O gol de empate do capitão Maguire, Bruno cruzou e a bola atravessou a área, dessa maneira, encontrando o seu companheiro de equipe. No jogo de volta contra os italianos, Bruno Fernandes fez uma linda jogada e de calcanhar serviu Cristiano Ronaldo que afundou as redes do goleiro Musso.

E por fim, contra o Submarino Amarelo Bruno Fernandes entrou em campo na segunda etapa e em um grande contra-ataque serviu Sancho. Sendo assim, se consolidando o verdadeiro garçom do Manchester United e da Champions League.

Entrevista Bruno Fernandes:

“Acho que o time vem jogando bem, mesmo em jogos que não vencemos. Obviamente, quando você não obtém os resultados, não é perfeito para você, e obviamente sabemos disso. Ganhar jogos dá-te mais confiança e entrar neste jogo é importante porque é difícil. Ter essa confiança de ganhar jogos dá a você algo mais para estar preparado para o jogo, estar mais focado e entender que, se fizermos as coisas certas e as coisas que trabalhamos para fazer, e se mantivermos o plano desde o primeiro minuto até o último minuto, podemos ganhar o jogo.”

Atléti abalado?

“Acho que todos os anos o Atlético de Madrid é criticado. Acho que nunca vi um ano em que eles não tenham sido criticados, pela maneira como jogam, como fazem as coisas. Mas acho que desde que Simeone chegou, eles fizeram grandes coisas. Seja jogando um bom futebol ou jogando menos bonito, como você gosta de chamar. O mais importante é que eles chegam às finais, estão sempre lá lutando pelos primeiros lugares nas ligas, nas copas, na Liga dos Campeões. Não sei o que é jogar bonito… Acho que, para mim, é estar lá em cima e lutar pelo campeonato. Sabemos que quando você está ganhando jogos e está no topo, tudo é ótimo e ninguém critica ou questiona o que está acontecendo. Quando as coisas não estão indo bem e você está um pouco atrás de todos os outros, podem surgir problemas. Mas acho que Simeone, o que ele fez nos últimos anos no Atlético, pelo que conquistou, o Atlético é muito mais respeitado na Europa hoje do que eles eram. Então eles já eram um grande time, mas desde que Simeone chegou, eles foram ainda mais respeitados em toda a Europa.”

“Sobre a formação, ninguém precisa se preocupar além do técnico e da comissão técnica. Acho que a gente tem que seguir o que o dirigente e o staff acham que é o melhor caminho pra gente, isso é o mais importante. Nos meus anos neste clube, nunca ouvi alguém reclamar da tática e espero que ninguém faça isso porque não é respeitoso com as ideias do treinador. Acho que estamos indo muito bem desde que ele chegou. Temos mais identidade como equipe, eu acho.

Fator CR7

“Obviamente, como você disse antes, Cristiano ganhou esta competição muitas vezes e todos sabem que neste tipo de competição ele tem aquele cheiro de gol, aquele cheiro de fazer coisas diferentes. Da mesma forma, temos Rapha, que também venceu a Champions League, quatro vezes, acho, então ele é outro jogador capaz do que fazer. Mas é sempre a primeira vez para alguém que ganha. Às vezes é sobre alguém que tem mais experiência, às vezes é sobre alguém que experimentou pela primeira vez. Quando Cristiano ganhou pela primeira vez, ele provavelmente não era o jogador mais influente, mas ainda ajudou o time a vencer a Liga dos Campeões. Então, é tudo sobre todos ficarem juntos, fazendo as mesmas coisas, tendo o mesmo foco e, obviamente, qualquer jogador que possa decidir jogos para nós a qualquer momento é sempre útil.