Desejado na Premier League, Gabriel Sara diz que sonha em jogar por gigante do Brasil

6 minutos de leitura

Gabriel Sara está voando na Championship pelo Norwich, mas ainda mantém o amor pelo São Paulo. Cria de Cotia, o meio-campista de 24 anos teve um começo complicado na equipe paulista, mas se firmou e sonha em um dia voltar ao Morumbi.

Em entrevista à “TNT Sports”, Gabriel Sara revelou que sente certa ansiedade para voltar a vestir a camisa do São Paulo para conquistar grandes títulos. O jogador superou apelidos maldosos, como o de Astronauta, no início da carreira, mas deslanchou e hoje se destaca na Inglaterra.

Gabriel Sara vai voltar ao São Paulo?

Mesmo na Europa, Gabriel Sara dá um jeito de seguir de olho no Tricolor Paulista. Ele acompanha os jogos da forma que pode e se mantém por dentro do dia a dia da equipe.

— Sempre que dá (assisto aos jogos). Os jogos 21h30 são complicados aqui, mas os jogos de domingo e sábado, eu sempre acompanho. Quando não acompanho, sempre olhos os melhores momentos, olho as estatísticas.

Todo esse carinho vem de longa data e guarda um motivo ainda mais especial. Gabriel Sara sonha em voltar ao São Paulo, apesar de viver um momento iluminado no Norwich. Ainda jovem, o atleta já planeja o retorno, o que pode render conflitos dentro de sua casa.

— Eu falo para minha mulher, ela fica maluca, porque ama a vida aqui. Mas eu falo para a gente aproveitar uns anos aqui, porque eu vou voltar para o São Paulo. Eu tenho muitos sonhos para realizar no São Paulo.

Sara crê que agora pode ajudar muito mais o Tricolor do que quando surgiu para o futebol. Mais maduro, o atleta tem evoluído em todos as áreas do futebol desde que foi para a Europa. Sua melhor versão pode render glórias ao time brasileiro.

“Às vezes, eu me sinto até ansioso para voltar”.

— Às vezes, eu me sinto até ansioso para voltar. Porque, hoje, depois de dois anos que saí, me sinto um jogador muito melhor, muito mais maduro. Acho que poderia ajudar muito mais. Imagino que daqui uns anos, quando eu voltar, eu esteja melhor. Talvez eu possa ajudar muito mais o clube que me deu tudo que eu tenho hoje. Essa é a minha relação com o São Paulo, de gratidão eterna e muito amor.

Gabriel Sara terminou sua primeira passagem no São Paulo com 113 jogos e 17 gols. Ele fez parte do elenco que recolocou o time no caminho das glórias com o título do Paulistão de 2021, o que não sai de sua mente.

–Quando a gente ganhou, cara, foi surreal. Foi mágico. O pessoal até tentou invadir o Morumbi, eu quase perdi minha medalha. Foi um absurdo (…) Depois daquele dia, eu ainda pensei “a gente tem que ganhar mais coisas, o Paulista é muito pouco para o tamanho desse clube”. Fiquei até mais motivado depois.

Gabriel Sara comemora título do Paulistão pelo São Paulo em 2021 (Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net)
Gabriel Sara comemora título do Paulistão pelo São Paulo em 2021 (Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net)

Astronauta: o apelido que perseguiu Sara no início da carreira

Quando recebeu as primeiras chances no time profissional do São Paulo, em 2019 e 2020, Sara foi alvo de muitas reclamações da torcida tricolor. À época, um meme surgiu e acabou se popularizando no ambiente surgiu no ambiente são-paulino: “Se Gabriel Sara é jogador, eu sou astronauta”. O termo Astronauta acabou virando seu (indesejado) apelido).

Gabriel Sara reconhece que lidar com esse apelido foi difícil. Na época, ele tinha apenas 20 anos e precisava corresponder às expectativas de milhões de torcedores. Atualmente, porém, ele vê isso com tranquilidade.

— Foi bem complicado, para ser sincero. Foi um momento de desespero na minha vida. Eu vi a oportunidade da minha vida indo por água abaixo. Depois que as coisas melhoraram, se leva na sacanagem, passou. Mas, naquele momento, foi complicado. Hoje, levo numa boa, amadureci muito depois disso, mas na época foi bem difícil.

Sara atualmente vê com carinho o apelido que ainda não chegou à Inglaterra. Dono de uma maturidade fora da curva, o jogador demonstra entender as nuances que o futebol oferece.

— Eu gosto! É legal… eu não gosto de levar as coisas para o coração, eu evito isso. As críticas, como foram, de certa forma, eu mereci, porque o futebol é isso. Claro que ameaça não é futebol. Mas eu jogava num clube com 20 milhões de torcedores, que ganhou três Mundiais e três Libertadores, dito como o maior do Brasil. Não dá para você jogar qualquer futebol.

Gabriel Sara foi vendido pelo São Paulo ao Norwich por apenas R$ 57,6 milhões em 2022. Hoje, o jogador se consolidou pelo Norwich e foi premiado na seleção da Championship 2023/24. Ele tem 13 gols e 12 assistências na temporada.

O Norwich está em sexto lugar, com 72 pontos, e tem chances altas de disputar os playoffs de acesso à próxima Premier League. Se o time não subir, Gabriel Sara pode mesmo assim jogar a elite, já que times da primeira divisão o observam há meses.

Gabriel Sara
Gabriel Sara brilha pelo Norwich (Foto: Site oficial/Norwich)
Lucas Barbosa
Lucas Barbosa

Redator da PL Brasil. Foi por meio da Premier League, na tela do antigo Esporte Interativo, em 2007, que o Jornalismo entrou na minha vida. Duas paixões que abriram portas e me fazem realizar sonhos todos os dias. Passei pelos portais Mais Minas e Esporte News Mundo.