Gabriel Jesus – Mercado da Bola, Transferências, Rumores e Estatísticas

0
431
gabriel jesus premier league
Foto: NICK POTTS/POOL/AFP via Getty Images

Gabriel Fernando de Jesus, ou simplesmente Gabriel Jesus, é um jogador de futebol profissional brasileiro. Nascido em 3 de abril de 1997, no bairro do Limão, em São Paulo, atualmente joga como atacante do Manchester City, após ótimo passagem pelo Palmeiras, clube que o revelou. Portanto, confira a história, carreira e o mercado da bola de Gabriel Jesus.

Gabriel Jesus – Início de carreira

Gabriel Jesus começou sua carreira no futebol aos três anos de idade, no Pequeninos do Meio Ambiente, da região do Jardim Peri, onde passou toda a infância e adolescência. Durante a infância,  passou por União do Peri, Cantareira e Vitória do Peri. Na juventude, já aos 15 anos, se juntou ao Anhanguera, onde foi artilheiro da Copa São Paulo Sub-15 com 29 gols. Seu sucesso na competição chamou de grandes clubes do futebol brasileiro, dentre eles o Palmeiras, que o convidou por meio de um intermediário para fazer teste no clube. Logo, bem avaliado, acabou sendo contratado.

Em julho de 2013, Gabriel Jesus assinou contrato com o Palmeiras. De início foi reserva da equipe Sub-17. Porém, foi ganhando espaço no elenco e assumiu a titularidade no time, terminando como artilheiro da equipe no Campeonato Paulista da categoria com 16 gols. No ano seguinte, chegou a ser observado pelo técnico do profissional, o argentino Ricardo Gareca, para completar os treinamentos do elenco. No entanto, Gareca achou melhor não queimar etapas com o atleta.

Trajetória, conquistas e highlights de Gabriel Jesus

Em 2015, Gabriel Jesus foi destaque da equipe alviverde na Copa São Paulo de Futebol Júnior, com cinco gols em seis jogos. Apesar da eliminação nas semifinais diante do Botafogo-SP, Jesus e, eventualmente, mais quatro atletas da equipe, foram promovidos ao time principal, treinado na época por Oswaldo de Oliveira.

No elenco principal, Gabriel se tornou amuleto do time, caindo nas graças da torcida e rapidamente se tornando titular da equipe. No mesmo ano, conquistou seu primeiro título como profissional, a Copa do Brasil, em que o Palmeiras derrotou o Santos na grande final, alimentando rumores de sua venda.

Transferência e mercado da bola de Gabriel Jesus

Gabriel Jesus, no entanto, teve em 2016 sua primeira temporada completa no time de cima e a melhor na carreira até o momento. No Campeonato Brasileiro, conquistou o título com a equipe e, assim, se sagrou o melhor jogador do torneio, eleito por treinadores, capitães e jornalistas esportivos. Ao final do ano, agitou o mercado de transferências ao ser contratado pelo Manchester City, a pedido de Pep Guardiola, por 32 milhões de euros (121 milhões de reais na cotação da época), agitando o mercado da bola.

Pela equipe inglesa, conquistou três Premier League, quatro copas da Liga Inglesa, duas Copa da Inglaterra e duas Supercopas inglesa até o momento. Até o momento, Gabriel Jesus trocou de clube apenas uma vez na carreira. Em 2016, deixou o Palmeiras rumo ao Manchester City e, eventualmente, se tornando a maior venda da história do clube paulista.

Dessa forma, os ingleses desembolsaram uma grande quantia no mercado da bola pela negociação que se tornou a terceira maior compra do clube no mercado de transferências daquele ano. Desde então, já soma cinco temporadas pelos Sky Blues. Logo, são 131 jogos com 50 gols marcados.

No atual mercado de transferências, Gabriel Jesus vem sendo alvo de rumores como possível moeda de troca na eventual ida de Harry Kane para o clube de Manchester. Durante o mercado da bola de 2020, o atacante foi alvo da Juventus, da Itália. No entanto, o boato não passou de rumores.

Seleção Brasileira

Em março de 2015, Gabriel Jesus recebeu sua primeira convocação para Seleção Brasileira sub-20 para um torneio amistoso. A estreia ocorreu diante do Catar, em 13 de abril. Eventualmente, no mesmo jogo, marcou seu primeiro gol pelo Brasil.

Posteriormente, fez seu primeiro jogo pela Seleção Olímpica no amistoso contra a Republica Dominicana, marcando um gol na vitória por 6 x 0. Em seguida, Gabriel Jesus fez parte do elenco que venceu os Jogos Olímpicos. No torneio, foi um dos artilheiros da equipe com três gols. No mesmo ano, foi chamado para seleção principal para jogos das eliminatórias. Na ocasião, marcou dois gols na estreia diante do Equador, na vitória do Brasil por 3 x 0.

No entanto, na Copa do Mundo da Rússia, Gabriel teve um desempenho abaixo do esperado e foi alvo de críticas pela torcida brasileira. Em 2019, fez parte do elenco que conquistou a Copa América no Brasil, mas passou a maior parte do torneio no banco de reservas. Ao todo, marcou 18 gols em 43 partidas com a Amarelinha.