Brilho brasileiro: Raya dá susto, mas Jesus e Martinelli salvam e Arsenal bate o Sevilla

6 minutos de leitura

O Arsenal venceu o Sevilla por 2 a 1, nesta terça-feira (24), pela terceira rodada da fase de grupos da Champions League 2023/24. Os gols no Ramón Sánchez Pizjuán foram marcados pela dupla de brasileiros Gabriel Martinelli e Gabriel Jesus.

Sevilla e Arsenal fazem primeiro tempo sonolento

O primeiro tempo foi muito truncado, com ambas as equipes tendo dificuldade para sair do meio campo e furar as defesas adversárias. Tanto o Arsenal como o Sevilla construíram poucas oportunidades. Aos oito minutos, Gabriel Martinelli recebeu uma bola de Gabriel Jesus na entrada da área e pode chutar com o gol livre, mas acabou mandando a bola em cima do goleiro Nyland.

Nos acréscimos, Youssef En-Nesyri protagonizou o lance mais perigoso do Sevilla, chutando cruzado rasteiro no lado esquerdo de David Raya, mas a bola foi para fora.

O Arsenal precisou de um contra-ataque para não ir para o intervalo com o placar zerado depois de um primeiro tempo sonolento. Jesus recuperou a bola em um momento de pressão dos espanhóis e fez um belo lançamento para Martinelli, que mais uma vez ficou de cara para o gol vazio, em um lance muito parecido ao do início do jogo. Mas, dessa vez, o brasileiro driblou o goleiro e conseguiu marcar o gol.

Golaço de Jesus esquenta jogo e assegura vitória

O Arsenal voltou outro para o intervalo, muito mais ligado e intenso no ataque. Gabriel Jesus, que deu a assistência do primeiro gol, marcou o segundo, aos oito minutos. O camisa 9 recebeu a bola de Declan Rice, enfrentou a marcação pelo lado esquerdo do fundo do campo e mandou uma bomba com curva para o canto das redes.

O gol no início do segundo tempo incendiou o jogo, obrigando o Sevilla a arriscar mais nos ataques. Apenas cinco minutos depois, Rakitic bateu escanteio e Nemanja Gudeji cabeceou para fazer o primeiro dos espanhóis.

O time da casa conseguiu criar grandes oportunidades, assim como o Arsenal. Mas todas pararam em boas defesas dos goleiros, no travessão ou foram para fora, mantendo o placar em 2 a 1 até o fim da partida.

Como foram os brasileiros em Sevilla x Arsenal

Gabriel Jesus – 7,5

Em um jogo com poucos espaços para avançar no ataque, Gabriel Jesus foi um dos poucos que conseguiu fazer isso de forma mais efetiva para o Arsenal. Foi o melhor dos Gunners em campo, marcando um gol, dando uma assistência e tendo encontrado outras oportunidades no jogo – entre as poucas que apareceram.

Gabriel Martinelli – 7,0

A maioria das vezes em que o Arsenal chegou no setor de ataque vieram por meio de Martinelli, avançando para o fundo campo para tentar cruzamentos. Ele perdeu uma chance incrível no começo do jogo, mas quando ela surgiu novamente, não desperdiçou e marcou.

Gabriel Magalhães – 6,0

Fez uma partida mediana, contribuindo pontualmente com a defesa e trocando passes diante da passividade do Sevilla no primeiro tempo. Acertou 87% dos passes, fez dois cortes, um desarme e uma interceptação, segundo o “Sofascore”.

Jorginho – 6,0

Assim como Gabriel Magalhães, Jorginho ajudou o time trocando passes no meio do campo, sem auxiliar na criação de jogadas. O ítalo-brasileiro acertou 94% dos passes, fez um corte, um desarme e uma interceptação.

Maria Tereza Santos
Maria Tereza Santos

Jornalista pela PUC-SP. Na PL Brasil, escrevo sobre futebol inglês masculino E feminino, filmes, saúde e outras aleatoriedades. Também gravo vídeos pras redes e escolhi o lado azul de Merseyside. Antes, fui editora na ESPN e repórter na Veja Saúde, Folha de S.Paulo e Superesportes.