Gabriel Jesus gasta R$ 187 mil no Counter Strike e tem conta banida por motivo curioso

4 minutos de leitura

Gabriel Jesus teve sua conta banida no Counter-Strike pela Valve, desenvolvedora do jogo. O atacante do Arsenal considerou a punição injusta e pediu ajuda para resolver o problema nas redes sociais na última segunda-feira (22).

“Oi Counter-Strike, minha conta recebeu um VAC ban de forma injusta, você pode me ajudar? Segue o link da conta e o print do banimento”, publicou o atacante.

Na verdade, a conta de Gabriel Jesus não foi banida pelo VAC (Valvi Anti-Cheat), software anti-trapaça do Counter-Strike. Foi o próprio jogo que puniu o jogador. Isso acontece quando há perda proposital de partidas, interferências nos servidores e outras infrações.

O atacante brasileiro gastou 38 mil euros (cerca de R$ 187 mil na cotação atual) em itens do jogo, como skins para armas e cosméticos do jogo.

Porém, Gabriel Jesus não pode jogar online e tão pouco utilizar suas skins caríssimas que comprou enquanto não recuperar sua conta.

Má fase de Gabriel Jesus

Não é só no mundo dos videogames que Gabriel Jesus tem tido azar. Dentro de campo, a fase também não é das melhores. O Arsenal é rotineiramente cobrado pela falta de gols, problema que cai no colo do brasileiro que marcou apenas sete vezes em 22 jogos na temporada.

Apesar de ser o artilheiro do Arsenal na Champions League, com quatro gols, o brasileiro não marca há mais de um mês. A última vez que ex-Manchester City estufou as redes foi em 17 de dezembro de 2023, na vitória por 2 a 0 sobre o Brighton.

Gabriel Jesus terá a oportunidade de quebrar o jejum na próxima terça-feira (30), às 16h30 (horário de Brasília), no confronto entre Nottingham Forest e Arsenal, no City Ground, em jogo válido pela 22ª rodada da Premier League.

Romulo Giacomin
Romulo Giacomin

Formado em Jornalismo na UFOP, passou por Mais Minas, Esporte News Mundo e Estado de Minas. Atualmente, escreve para a Premier League Brasil.