Listamos 7 jogadores que trocaram o futebol italiano pela Premier League

Relembramos jogadores que se transferiram do futebol italiano para a o futebol inglês. Faltou algum?

0
226
futebol italiano
Julio Cesar of Queens Park Rangers (Photo by AMA/Corbis via Getty Images)

Na janela de inverno da temporada 2018-19, o centroavante Gonzalo Higuaín trocou o Milan pelo Chelsea. Os Blues desembolsaram 9 milhões de euros para contar com o atacante. A PL Brasil listou 7 jogadores que trocaram o futebol italiano pela Premier League, assim como Higuaín.

Acompanhe a PL Brasil no Youtube

Clássicos Ingleses #04 – Sheffield United x Sheffield Wednesday

Listamos 7 jogadores que trocaram o futebol italiano pela Premier League

Mohamed Salah

Na temporada 2017-18, o Liverpool desembolsou 42 milhões de euros para tirar o faraó da Roma, se tornando o africano mais caro da história.

Foto: Peter Byrne/PA Images via Getty Images

O egípcio já havia passado pelo futebol inglês, defendendo o Chelsea, mas por falta de oportunidades, foi emprestado à Fiorentina e à Roma. Após ser destaque da equipe giallorossi na temporada 2015-16, os italianos desembolsaram 15 milhões de euros para ter o jogador em definitivo.

Pelos Reds, Salah foi grande destaque da temporada passada, fazendo 44 gols em 52 jogos. 32 tentos foram na Premier League, e o faraó conquistou a artilharia do campeonato, além de ser destaque na campanha do Liverpool na Champions League, levando os ingleses à final.

Leia mais Seis grandes contratações na Premier League antes mesmo da janela abrir

Philippe Coutinho

Na janela de inverno da temporada 2012-13, o Liverpool tirou o brasileiro da Inter de Milão, após pagar 15 milhões de euros. O jogador também interessava o Southampton.

Na ocasião, Mauricio Pochettino era o treinador do Saints, e tinha trabalhado com o meia no Espanyol, na temporada anterior, mas Coutinho optou pelos Reds.

Foto: Jan Kruger/Getty Images

Pelo clube inglês, o brasileiro disputou 201 jogos e marcou 54 gols. Sem conquistar nenhum título pela equipe, o meia trocou os Reds pelo Barcelona.

Os espanhóis pagaram 135 milhões de euros pelo brasileiro, se tornando a segunda venda mais cara na história do futebol.

Leia mais Os brasileiros com mais gols no Campeonato Inglês

Edwin van der Sar

O goleiro trocou a Juventus na temporada 2001-02 para defender o Fulham. Os Whites pagaram 10,5 milhões de euros para contar com o holandês.

Foto: Christopher Lee/Getty Images

No clube londrino, van der Sar disputou 147 jogos entre 2001 e 2005 e conquistou somente um título, a UEFA Intertoto Cup, modelo anterior da UEFA Europa League, em 2002.

Depois de quatro temporadas no Fulham, o goleiro se transferiu para o Manchester United, clube que atuou até o final de sua carreira.

Leia mais Os 10 maiores holandeses da era Premier League

Júlio César

Outro arqueiro que se transferiu do futebol italiano para a Inglaterra foi o brasileiro Júlio César.

Após sete temporadas na Inter de Milão, o jogador assinou com o Queens Park Rangers em agosto de 2012.

Foto: AMA/Corbis via Getty Images

O goleiro chegou e assumiu a titularidade da equipe, mas mesmo com boas atuações do brasileiro, o jogador não evitou o rebaixamento do time na Premier League.

Júlio César ficou duas temporadas e jogou 27 jogos pelo QPR. Nesses dois anos, ficou quase um ano afastado da equipe titular e foi emprestado ao Toronto, time canadense que disputa a MLS.

Quando terminou seu período de empréstimo no time canadense, o goleiro se transferiu para o Benfica em 2014, assinando um contrato de dois anos.

Paul Pogba

O francês começou a carreira no Manchester United. Após não assinar novo contrato com os Red Devils, o jogador se transferiu para Juventus, e os italianos não pagaram nada para contar com o jogador.

Após quatro temporadas e quatro títulos consecutivos no Campeonato Italiano, o Manchester United anunciou a volta de Pogba, pagando 105 milhões de euros para contar com o jogador.

Foto: Matthew Ashton – AMA/Getty Images

No seu terceiro ano pelo United, o francês disputou 116 jogos, marcou 26 gols e conquistou dois títulos, sendo um deles a UEFA Europa League, em 2017.

Leia mais Até onde pode chegar o Manchester United de Solskjaer?

Andreiy Shevchenko

Melhor do mundo em 2004, o ucraniano trocou o Milan pelo Chelsea em 2006. Os Blues desembolsaram 43,88 milhões de euros, valor exorbitante na época, para contar com o atacante.

No futebol inglês, Shevchenko teve uma passagem mais discreta. Em duas temporadas, disputou 77 partidas e balançou as redes 22 vezes. No Chelsea, o ucraniano conquistou a Copa da Inglaterra e a Copa da Liga Inglesa, ambos em 2006-07.

Foto: Nigel French – EMPICS/PA Images via Getty Images

Em 2008-09, o atacante foi emprestado ao Milan por uma temporada. Quando retornou aos Blues, em seguida se transferiu ao Dínamo de Kiev, sem deixar saudade na terra da rainha.

Leia mais As 10 piores contratações do Chelsea na era Premier League

Mario Balotelli

O atacante se destaca no vai-e-vem entre Itália e Inglaterra. Em agosto de 2010, o Manchester City comprou o jogador da Inter de Milão por 29,5 milhões de euros.

Nos Citizens, Super Mario marcou 30 gols em 80 jogos e conquistou uma Premier League, quebrando o jejum do clube de 35 anos sem conquistar a liga nacional.

Em janeiro de 2013, o Milan contratou o italiano por 20 milhões de euros. Em 54 jogos pelo Rossoneri, Balotelli anotou 30 gols.

Foto: Shaun Botterill/Getty Images

Depois de se destacar no futebol italiano, foi a vez do Liverpool ir atrás do jogador. Precisando de um substituto para Luis Suárez, os Reds pagaram 20 milhões de euros pelo atacante.

Em Anfield, Super Mario deixou muito a desejar. Na sua primeira e única temporada pelo clube, Balotelli marcou 4 gols em 28 jogos.

No ano seguinte, o jogador foi emprestado ao Milan. Após o final do empréstimo, os Reds liberaram o jogador para procurar outro clube, já que não fazia parte dos planos da equipe.

Foto: Andrew Powell/Liverpool FC