Firmino e Eriksen: ausências sentidas entre os indicados pelo FIFPro

Firmino e Eriksen ficaram fora da lista, apesar de grande temporada

0
194
Firmino e Eriksen
(Credit: Getty Images)

Recentemente, o Sindicato Mundial de Jogadores de Futebol (FIFPro) divulgou os 55 nomes indicados a ao FIFPro World 11, ou seja, a seleção da última temporada do futebol mundial. Ao total, 25 mil atletas participaram da votação.

O selecionado será composto por um goleiro, quatro defensores, três meio-campistas e três atacantes, todos os mais votados em cada posição. O FIFPro World 11 será revelado durante a cerimônia do Fifa The Best, que ocorrerá no próximo dia 24, em Londres, capital inglesa.

Entre os 55 nomes indicados, a Premier League teve 18 jogadores, entre atletas que disputaram totalmente ou parcialmente a última edição, da temporada 2017-18, e que chegaram na atual temporada.

Na lista, constam nomes como David De Gea, Virgil van Dijk, Kevin De Bruyne, Paul Pogba, N’Golo Kanté, David Silva, Mohamed Salah, Harry Kane, Romelu Lukaku e Sadio Mané.

Todos esses merecedores pelo conjunto da obra construído durante a temporada 2017-18, que foi finalizada com a disputa da Copa do Mundo da Rússia.

Confira todos os indicados da Premier League:

Goleiros:

Thibaut Courtois (Chelsea/Real Madrid)

David De Gea (Manchester United)

Defensores:

Virgil van Dijk (Southampton/Liverpool)

Dejan Lovren (Liverpool)

Yerry Mina (Barcelona/Everton)

Kieran Trippier (Tottenham Hotspur)

Kyle Walker (Manchester City)

Meias:

Philippe Coutinho (Liverpool/Barcelona)

Kevin De Bruyne (Manchester City)

Eden Hazard (Chelsea)

N'Golo Kanté (Chelsea)

Nemanja Matic (Manchester United)

Paul Pogba (Manchester United)

David Silva (Manchester City)

Atacantes:

Harry Kane (Tottenham)

Romelu Lukaku (Manchester United)

Sadio Mané (Liverpool)

Mohamed Salah (Liverpool)

Cadê Firmino e Eriksen?

No entanto, sente-se a falta de alguns jogadores do maior campeonato nacional do mundo entre os indicados: o brasileiro Roberto Firmino e o dinamarquês Christian Eriksen. Firmino e Eriksen tiveram grande temporada, mas foram esquecidos.

Outros nomes que também poderiam aparecer eventualmente seriam Andrew Robertson, Jan Vertoghen, Nicolás Otamendi, Fernandinho e Son.

Christian Eriksen

O habilidoso meio-campista do time do Tottenham é peça fundamental na equipe treinada por Mauricio Pochettino e na sua seleção. Forma ao lado do inglês Harry Kane uma dupla imprescindível para o sucesso dos Spurs nas mais diferentes frentes.

É o típico meia moderno, que desempenha diferentes funções dentro de campo, podendo atuar como meio-campista central ou caindo pelos lados, tanto esquerdo como direito.

Também tem como características marcantes os chutes de longa distância e o poder na bola parada, sendo na cobrança de faltas ou escanteios.

Na última temporada, manteve o ótimo desempenho de anos passados e merecia estar entre os indicados ao FIFPro. Com certeza teve ano melhor do que alguns dos 15 indicados na posição de meio-campista.

Os seus números em 2017/18 são expressivos, principalmente pela seleção da Dinamarca e em jogos disputados na Premier League. Ao total na temporada, fez 47 jogos pelo Tottenham, marcou 14 gols e deu 13 assistências.

Pela Premier League, foram incríveis 37 partidas, ou seja, só não disputou um jogo da competição. Nesses, foi responsável direto por 21 gols dos Spurs, sendo autor de 10 gols e assistindo seus companheiros em 11 oportunidades.

Já com a camisa da Dinamarca, foi mais que decisivo para a classificação da sua seleção para a disputa da Copa da Rússia. Nas Eliminatórias Europeias, foram 12 jogos disputados e 11 gols marcados.

Na disputa final, o confronto diante da Irlanda, o camisa 10 dinamarquês foi gigante. O primeiro jogo, disputado em Copenhague, havia terminado sem gol. Já o segundo foram seis, com vitória de 5 a 1 da Dinamarca, de virada e atuação magnífica de Eriksen, com direito a hat-trick.

Eriksen teve atuação de gala diante da Irlanda nos playoff europeu (Foto: Lars Ronbog / FrontZoneSport via Getty Images)
Leia mais

Confira lista com os recordes da Premier League!

Roberto Firmino

Parte fundamental do melhor ataque da última Uefa Champions League, Firmino foi o único do trio ofensivo do Liverpool a não ser indicado pelo FIFPro para a posição de atacante.

Tal fato causa bastante estranhamento, já que sabe-se do impacto que Firmino tem na construção da dinâmica bastante eficiente do time treinado pelo alemão Jürgen Klopp.

A engrenagem só funciona com os três juntos e reunidos. Tanto Mohamed Salah, como Sadio Mané e Roberto Firmino alcançaram números impressionantes na temporada 2017-18. Os três juntos foram às redes em incríveis 88 oportunidades.

Especificamente o camisa 9 dos Reds foi autor de 27 gols na última temporada, em 54 jogos disputados, alcançando importante média de um gol a cada dois jogos. Além disso, ainda deu 17 assistências.

Pode-se afirmar, até com certa tranquilidade, que o atacante brasileiro fez temporada melhor que o francês Karim Benzema, campeão da Champions League com o Real Madrid e indicado pelo FIFPro.

Também pode-se afirmar que Firmino teve temporada equivalente a nomes de grande impacto no futebol mundial como o uruguaio Edinson Cavani, o belga Romelu Lukaku e o croata Mario Mandzukic.

Firmino é parte essencial na engrenagem dos Reds (Foto: Andrew Powell/Liverpool FC via Getty Images)