Felipe Anderson retorna a Lazio após passagem apagada na Inglaterra e Portugal 

Felipe Anderson retorna a Lazio após passagem apagada na Inglaterra e Portugal 

É oficial, o ponta brasileiro Felipe Anderson, de 28 anos, está de volta à Lazio após três anos. Desse modo, o jogador desembarcou em Roma nesta terça-feira (13), e passou pelos exames médicos.  

Assim, de acordo com o jornal “Gazzetta dello Sport”, o atleta deve assinar contrato de quatro temporadas com a equipe da capital italiana. O jogador viveu na Lazio, sua melhor fase na Europa. Desse modo, sob o comando de Maurizio Sarri, Felipe busca recuperar seu bom futebol. 

A Albiceleste pagou cerca de três milhões de euros (R$18,3 milhões), ao West Ham (ING) para contratá-lo. Por outro lado, os ingleses mantiveram 50% dos direitos econômicos do jogador, segundo a imprensa da Itália. 

Felipe busca dar a volta por cima 

Felipe Anderson jogou na última temporada pelo Porto, emprestado pelos Hammers. Porém, sua passagem não foi das melhores nos Dragões. Tendo problemas de lesões e falta de oportunidades, atuou em apenas 10 jogos, sendo titular em cinco vezes, e não marcou gols. 

Por outro lado, ele já havia tido problemas na equipe britânica. Contratado em 2018, o brasileiro foi a contratação mais cara da história do West Ham, até aquele momento. Foram pagos 38 milhões de euros pelo atleta. Ao todo, foram 73 partidas e 12 gols marcados pelo time de Londres. 

O Santos vai receber pela transferência de Felipe Anderson

Vale ressaltar, que o ponta foi campeão olímpico em 2016. Revelado pelo Santos, ele esteve presente na Lazio de 2013 a 2018. Jogou 177 partidas, marcou 34 gols e deu 39 assistências no período, sendo campeão da Supercopa da Itália. A equipe brasileira, inclusive, vai receber uma quantia pela negociação.

Felipe Anderson retorna a Lazio após passagem apagada na Inglaterra e Portugal 
Felipe Anderson foi um dos “Meninos da Vila”. Foto: Divulgação/Getty Images

Desse modo, como clube formador, o Peixe tem direito a receber 4% da transferência, algo em torno de R$ 740 mil reais, devido ao mecanismo de solidariedade da Fifa.

Foto destaque: Divulgação/Lazio

Artigo anteriorGabriel Jesus é alvo de equipe italiana, diz jornal
Próximo artigoArsenal no mercado da bola: contratações e rumores
Estudante de jornalismo que sonha em trabalhar nos maiores eventos esportivos do mundo. E, assim, ser referência na área. Meu principal objetivo é ser correspondente internacional em Londres. Sou fascinado por futebol, e como o esporte influencia às pessoas, e o mundo. Não me limito apenas a assistir, mas a consumir em sua totalidade, estudando e entendendo regras, conceitos, histórias e tudo que envolve o mundo das quatro linhas. No entanto, gosto de acompanhar outras modalidades, como: Basquete, Surf, Futebol Americano, Hóquei, Tênis, dentre tantas outras. Junto isso, tenho o amor pela leitura e a escrita como minhas aliadas na hora de passar para os meus textos, todas as sensações e emoções que estou sentindo, ao lado de informações relevantes com apuração precisa. Seja bem-vindo (a)!