Fabinho – Mercado da Bola, Transferências, Rumores e Estatísticas

0
248
Fabinho - Liverpool
Foto: Reprodução/Getty Images

Antes de mais nada, Fábio Henrique Tavares, ou apenas Fabinho, é um jogador de futebol profissional brasileiro. Assim, nasceu no interior de São Paulo, em Campinas, no dia 23 de outubro de 1993 e atualmente é atleta do Liverpool. Em suma, Fabinho pode jogar como lateral-direito, zagueiro, mas é como volante que o brasileiro se destacou no futebol mundial.

Fabinho – Início de carreira

Em suma, Fabinho era o caçula da família e era visto como um menino muito tímido. Assim, desde muito pequeno o garoto jogava bola nas suas da cidade de Campinas. Além disso, assim como todos os garotos de sua idade, Fabinho almejava se tornar um jogador de profissional. Dessa forma, começou a sua história nos gramados aos sete anos, no Paulínia FC, clube juvenil que ficava a 22km de sua cidade.

Em suma, desde muito novo mostrava muita determinação em viver do esporte. Dessa forma, tanto em sua escola como em seu clube juvenil, todos diziam que Fabinho tinha talento, com um chute forte e uma habilidade de um atleta versátil. Ainda, o volante chegou a praticar futsal, coisa que fez até seus 12 anos de idade. Porém, voltou aos gramados em sua primeira experiência profissional, na base do Fluminense.

Trajetória, conquistas e highlights de Fabinho

Em suma, Fabinho passou por todos os seus anos de juventude nas categorias de base do Tricolor das Laranjeiras. Enfim, em maio de 2012, o volante foi chamado para integrar a equipe profissional do Fluminense pela primeira vez. Contudo, por ter um potencial enorme, alguns rumores começaram a sondar o atleta, mesmo sem nem ter chego a disputar um jogo pelo profissional do Flu. Assim, em julho de 2012, o Rio Ave, de Portugal, acertou sua contratação por £500 mil no mercado de transferências daquele ano.

Após seu desembarque em Terras Lusitanas, Fabinho conheceu Jorge Mendes, famoso empresário que se tornou seu agente e consultor de carreira. A saber, Mendes é conhecido por cuidar principalmente da carreira de atletas e treinadores que falam português, como Cristiano Ronaldo, José Mourinho, etc. Assim, o conselho do agente, era pra que Fabinho se juntasse ao Real Madrid Castilla naquele mercado de transferências (equipe B). Dessa forma, sua carreira daria um salto e ele poderia trabalhar com José Mourinho, na época treinador do Real e também cliente de Mendes.

Assim, o volante acabou sendo emprestado logo após chegar em Portugal, ainda no mesmo mercado de transferências. Dessa forma, disputou 30 partidas pelo Castilla e marcou dois gols. Contudo, não se firmou na equipe principal do Madrid, muito por conta da demissão de Mourinho naquela época. Enfim, sem espaço, Fabinho acabaria sendo emprestado novamente no mercado da bola em 2013, dessa vez para o Mônaco, da França.

Fabinho - Real Madrid Castilla
Foto: Reprodução/Denis Doyle/Getty Images

Transferências e Mercado da Bola de Fabinho

Em suma, pelo Mônaco, Fabinho disputou toda a primeira temporada e fez 53 jogos naquele ano. A saber, fez sua estreia pelo clube em agosto de 2013, contra o Bordeaux. Além disso, fez dois gols sendo o primeiro em uma goleada por 6 x 0 contra o Lens em março de 2014. Enfim, seu contrato com o clube francês acabou, mas acabou sendo renovado por mais um ano no mercado de transferências da temporada seguinte. Assim, disputou sua segunda temporada seguida pelos Les Rouge et Blanc, atuando em 47 jogos, marcando oito gols e quatro assistências. Dessa forma, no mercado da bola em 2015, assinou em definitivo com o clube até 2019, por €6 milhões.

Posteriormente, fez parte do ótimo time do Mônaco campeão da Ligue 1 em 2017 e que chegou às semifinais da Champions League na mesma temporada. Assim, com o desempenho absurdo de jogadores daquele time, como o próprio Fabinho, Mbappe, Bernardo Silva e tantos outros, rumores de todos os lados começaram a aparecer no mercado da bola. Dessa forma, em maio de 2018, o Liverpool venceu a corrida por sua contratação naquele mercado da bola por 45 milhões de euros. A saber, haviam rumores de que o Manchester United de José Mourinho tinha interesse no jogador, porém, o mesmo preferiu ir para os Reds.

Fabinho
Foto: Reprodução/Imago Images

Liverpool

Após desembarcar em Anfield, o volante mostrou que sua contratação teria grande impacto no clube. Assim, em sua primeira temporada se firmou como titular no elenco comandado por Jurgen Klopp e ao final daquela temporada, terminou como peça chave na conquista da Champions League 2018/19. Além disso, ao final do ano conquistou o 1º Mundial de Clubes da Fifa da história do Liverpool, em cima do Flamengo, com gol de Roberto Firmino.

Em seguida, levantou mais um caneco, dessa vez o da Premier League 2019/20, novamente como titular e sendo um dos principais jogadores da campanha dos Reds na competição. Atualmente, Fabinho é um dos mais respeitados atletas do mundo e vêm fazendo sua quarta temporada seguida com a camisa 3 do clube. Até aqui, são 123 jogos, três gols, além de seis assistências e quatro títulos em Anfield. Por toda a história que Fab vem construindo com a camisa 3 dos Reds, assinou uma extensão de contrato até 2026, a fim de permanecer no Liverpool por mais alguns bons anos.

A saber, joga como volante, mas já atuou como lateral-direito no Real e ainda cumpriu a função de zagueiro pelos Reds. Em resumo, na temporada passada, Virgil Van Dijk, o principal nome do sistema defensivo do Liverpool sofreu uma grave lesão. Além disso, Joe Gomez e Joel Matip também ficaram bons meses longe dos gramados. Com isso, Fabinho deve de ser recuado para fazer a função de zagueiro em alguns jogos e não decepcionou, confirmando ainda mais a sua polivalência nas funções defensivas.

Fabinho e Jurgen Klopp
Foto: Reprodução/Peter Byrne/Pool/AFP

Seleção Brasileira

Enfim, um jogador campeão da Champions League e da Premier League, além de suas constantes atuações em campo e evoluindo cada vez mais deve ser consagrado em sua seleção, certo? Esse não é o caso de Fabinho, que mesmo com tudo isso dito acima, não recebe chances na Seleção Brasileira. Chega até ser difícil de explicar como um atleta como ele não brilha em sua seleção. Em suma, Jurgen Klopp já chegou a soltar algumas farpas contra o atual técnico da Amarelinha, Tite.

“Ele [Fabinho] pega muitos voos durante a pausa para jogos da seleção, só não joga”. 

Após uma partida pela Champions League em 2019, o brasileiro sofreu uma lesão e mesmo assim teve a sua convocação anunciada por Tite. Contudo, Klopp ironizou a convocação dizendo que Tite não estaria preocupado com as condições de Fabinho, porque nunca o coloca para jogar.

Atualmente, com 27 anos, Fabinho soma apenas 15 jogos pela Seleção Brasileira. Em suma, ele disputa posição com Casemiro, volante do Real Madrid. Além de disputar posição com um jogador também de alto nível, mesmo na visão de alguns podendo jogar os dois juntos, Fabinho soma algumas decepções com a seleção.

A saber, seria convocado para a disputa das Olímpiadas em 2016. Porém, acabou não sendo liberado pelo Mônaco, clube que estava na época e não pode disputar a competição. Além disso, três anos depois, terminou a temporada em alto nível sendo campeão da Champions League e esperava disputar a Copa América em 2019, quando saiu a lista seu nome não estava nela. Por fim, o volante ainda espera uma chance de brilhar com a Amarelinha e quem sabe, ela pode vir na próxima Copa do Mundo.

Foto: Reprodução/Lucas Figueiredo/CBF