Ex-zagueiro do Fluminense pode reforçar time italiano

O ex-zagueiro do Fluminense Marlos Santos pode se tornar o mais novo reforço do Monza, clube italiano da primeira divisão. O jogador estava atuando pelo Shaktar Donetsk e tudo indica que ele deve ser mais um brasileiro a deixar o clube ucraniano. A saber, o contrato deve ser oficializado nos próximos dias e será de empréstimo, segundo o jornalista Fabrizio Romano.

O zagueiro poderá voltar à Serie A Tim se o acordo for concretizado, campeonato que ele disputou pela Sassuolo de 2018 a 2021. Além disso, se a contratação for consumada, o Monza poderá ser o sexto clube do zagueiro, que foi comprado pelo Barcelona do Fluminense em 2017 e passou pelo OGC Nice, da Ligue 1, Sassuolo e Shaktar Donetsk.

Aliás, a saída de Marlon pode ser a décima quarta de um brasileiro do Shaktar desde o ano passado, segundo o site Transfermarkt. Alguns dos últimos jogadores a sair foram Pedrinho, Marcos Antônio, David Neres e Fernando. Em suma, é de conhecimento geral que a atual guerra entre a Rússia e a Ucrânia é um fator importante para a debandada de jogadores de clubes de ambos os países.

 

Estatísticas da carreira do possível reforço com passagem no Fluminense

O zagueiro de 26 anos revelado no Fluminense vestiu a camisa do tricolor carioca por 46 vezes, com uma assistência anotada. Então, o Barcelona o comprou por cinco milhões de euros em 2017. Entretanto, Marlon entrou em campo apenas três vezes pela equipe catalã. Por consequência disso, o Sassuolo investiu doze milhões de euros em 2018 para contar com o jogador. Foi na Itália onde ele teve a sua passagem mais expressiva. Foram 66 jogos pelo time italiano. Também nesta passagem, o brasileiro marcou o seu único gol na carreira.

Reforço ou reposição?

Bem ativo nesta janela de transferências, o Monza pode usar Marlon Santos para repor a saída de Giuseppe Bellusci. O experiente zagueiro italiano chegou ao clube em 2019 e saiu para o Ascoli a custo zero. Portanto, Marlon pode ser contratato com o intuito de suprir a ausência de Bellusci, pois tem experiência na primeira divisão da Itália.