Ex-treinador do Chelsea é denunciado por assédio sexual

Ex-treinador do Chelsea é denunciado por assédio sexual
Foto Destaque: Reprodução / Getty Images

Antes de mais nada, um ex-treinador do Chelsea ganhou as manchetes pelo mundo, nesta última segunda-feira (31). Dessa forma, o israelense Avram Grant foi denunciado por assédio sexual em investigação transmitida em televisão de Israel.

VERSÃO DO EX-TREINADOR

Em resumo, Avram Grant não negou as acusações, mas afirmou que qualquer ato seu não foi intencional.

“Qualquer uma que tenha se sentido desconfortável ou magoada por mim, eu me arrependo e peço desculpas do fundo do meu coração”.

“Sou uma pessoa do povo, um homem de amizades. E ao longo dos anos tenho mantido relacionamentos com mulheres. Em todos esses relacionamentos, tentei muito tratá-los com respeito e amizade e nunca tive a intenção de me comportar de forma injusta ou prejudicar qualquer mulher”.

“Qualquer um que tenha se sentido desconfortável ou magoado por mim, eu me arrependo e peço desculpas do fundo do meu coração”. declarou o ex-treinador do chelsea.

VERSÃO DA VÍTIMA

Em suma, uma mulher de 22 anos disse que em junho de 2020 foi ao apartamento de Grant, em Telavive, para que ele a ajudasse a encontrar trabalho. Em suma, ao chegar, foi induzida a tirar a roupa, contra sua vontade.

“Eu pensei que ele estava brincando. Eu estava sentado longe dele, na beirada do sofá. Ele me pediu para chegar mais perto e tentou me abraçar, realmente me agarrou e não me soltou”, contou.

“Eu me senti desconfortável, ele colocou a mão na minha coxa, e eu me lembro imediatamente de mover a mão dele. Depois de alguns segundos de conversa, ele me agarrou pelo pescoço, como se estivesse me estrangulando, virou minha cabeça para ele e tentou me beijar à força”, revelou.

Assim, essas declarações foram feitas em um programa apresentado pelo jornalista Haim Etgar. Além disso, a vítima disse que ao acordar o assediador estaria com pênis do lado de fora, próximo de sua cabeça.

CARREIRA DE AVRAM GRANT

A saber, Avram foi treinador do Chelsea na temporada 2007/2008. Ainda na Inglaterra, treinou o Portsmouth e o West Ham. Por final, o profissional também treinou a seleção de seu país, além de clubes locais.