‘Estive muito perto’: Caicedo detalha proposta para sair do Brighton e indica futuro

5 minutos de leitura

Um dos maiores destaques da Premier League fora do Big Six, o volante equatoriano Moisés Caicedo revelou em entrevista o sofrimento por não ter saído do Brighton na última janela de transferências, em janeiro, e elogiou o que parece ser seu destino favorito na próxima temporada.

Eu estive muito perto de ir para o Arsenal, então sofri muito (por não sair). Eu gosto deles porque eles têm jogadores jovens, talentosos e estrelas, mas sempre com a mentalidade de querer mais — disse Caicedo em entrevista ao “The Telegraph”.

O equatoriano chegou a publicar em suas redes sociais um pedido de transferências no último dia da janela. O Brighton tinha propostas de Arsenal e Chelsea, mas bateu o pé e ficou com Caicedo.

Tenho certeza que terei mais oportunidades. É por isso que continuo fazendo as coisas bem. Mas foi difícil. No começo, quando eu não saí, muitas pessoas tiravam sarro de mim no Instagram — revelou o volante.

Importância de Caicedo para o Brighton

Caicedo também afirmou que as conversas com o treinador Roberto de Zerbi e com outros jogadores do elenco dos Seagulls ajudaram-no a se convencer a ficar no Brighton. Segundo ele, Zerbi pediu para que ele mantivesse a calma, continuasse a trabalhar e esperasse outras oportunidades “que eu veria no futuro que não me arrependeria”. E os companheiros, por outro lado, o receberam de volta com apoio, o que o deixou “cheio de fome para ajudá-los”.

De fato, o desempenho do equatoriano não caiu após a decepção. Desde o fechamento da janela, o atual sétimo colocado da Premier League perdeu apenas para Fulham e Tottenham. Com dois jogos a menos, ainda pode ultrapassar Aston Villa (6º) e Tottenham (4º). Tudo isso com Caicedo sendo um dos maiores destaques individuais da equipe.

O sofrimento foi tão superado que Caicedo renovou seu contrato com o Brighton em março, esticando seu vínculo atual até 2027. Isso não garante a permanência do equatoriano por tanto tempo, mas aumenta o poder de barganha do clube do sul da Inglaterra.

Caicedo pelo Brighton na Premier League 2022/23

  • 34 chances criadas – 4º do time
  • 2,7 bolas longas precisas por jogo – 3º do time
  • 1,7 desarmes por jogo – 1º do time
  • 1,6 interceptações do jogo – 1º do time
  • 0,7 bolas roubadas no terço final de campo – 3º do time

Apesar do excelente desempenho individual, Caicedo colocou a responsabilidade da ótima campanha do Brighton no treinador Roberto de Zerbi. O italiano, que chegou no início da temporada 2022/23, melhorou o bom trabalho de Graham Potter, que saiu para o Chelsea — e, na temporada anterior, deixou o Brighton em nono lugar.

— De Zerbi está sempre examinando cada detalhe, independente de estarmos vencendo ou perdendo. Ele está sempre em cima de cada detalhe porque são esses detalhes que fazem a diferença no fim das contas, então é uma das coisas boas sobre ele. Ele não se contenta com uma vitória: ele quer mais em todo jogo porque desse jeito nós também podemos melhorar individualmente — contou o jogador.

Embora o Chelsea tenha gastado uma fortuna em novas contratações — notoriamente Enzo Fernandes para o meio-campo — e o Arsenal tenha fechado com Jorginho, não há dúvidas que Moisés Caicedo será um dos protagonistas da próxima janela de transferências na Inglaterra. Propostas não faltarão, mas resta saber qual será o destino escolhido pelo equatoriano.

Diogo Magri
Diogo Magri

Jornalista formado pela ECA-USP, campineiro e repórter na PL Brasil. Passagens por EL PAÍS, Revista Veja e Futebol Globo CBN.

Contato: [email protected]