Provável escalação do Villarreal

1 minuto de leitura

Confira a provável escalação do Villarreal, que enfrenta o Getafe pela 23ª rodada da La Liga, na segunda-feira (27), às 17h (horário de Brasília), no Madrigal.

Na temporada passada, a equipe terminou na 7ª posição, classificando-se para a Liga Conferência. A expectativa desta temporada é chegar o mais longe na competição continental e brigar pelo torneio nacional.

Provável escalação do Villarreal

Villarreal escalação: Pepe Jose Reina, Alberto Moreno, Pau Francisco Torres, Raul Albiol, Juan Foyth, Samuel Chukwueze, Daniel Parejo, Etienne Capoue, Yéremi Pino, José Luis Morales, Alejandro Baena. Técnico: Quique Setién.

Provável escalação de Villarreal x Getafe

Escalação do Getafe: David Soria; Domingo Duarte, Álvarez, Alderete, Portu, Damián Suárez; Arambarri, Milla, Aleñá; Borja Mayoral, Enes Unal. Técnico: Quique Sánchez Flores.

Desfalques do Villarreal

Giovani Lo Celso, Alfonso Pedraza e Nicolas Jackson (machucados).

Jogador destaque do Villarreal

Atualmente, o grande destaque da Villarreal é o zagueiro Juan Foyth. Na temporada, o argentino conta com um índice de desempenho de 89, além de marcar um gol no Campeonato Espanhol.
Foto destaque: Reprodução / Getty Images
Foto destaque: Reprodução / Getty Images

Últimas conquistas do Villarreal

O clube foi fundado em 1923, sendo a primeira conquista do Villarreal foi a 2ª divisão do Campeonato Espanhol, na temporada de 1969/70. Posteriormente, o Submarino Amarelo também foi campeão da UEFA Intertoto Cup. Inclusive, em dois anos seguidos, 2003 e 2004.

A última conquista do Villarreal foi a Europa League, na temporada 2020/21. No início da campanha, a equipe terminou em primeiro lugar no Grupo I. Depois, eliminou o Red Bull Salzburg. Aliás, a equipe espanhola também deixou pelo caminho equipes como Dynamo Kyiv, Dinamo Zagreb e Arsenal. Por fim, o título veio ao bater o Manchester United, nos pênaltis, por 11 × 10.


Foto destaque: Reprodução / Villarreal

André Merice
André Merice

A paixão pelo esporte me fez escolher a profissão. A experiência como atleta não foi como o esperado. Então, procurei algo em que me encaixasse. E o Jornalismo foi a primeira opção! Falar já é bom, quando o assunto é futebol, se torna melhor ainda.