Provável escalação do Red Bull Salzburg

Provável escalação do Red Bull Salzburg

Antes de tudo, confira a provável escalação do Red Bull Salzburg, que enfrenta o Bayern de Munique no próximo dia 8 de março, às 17h (horário de Brasília). A saber, o jogo será fora de casa, na Allianz Arena, após empate de 1 x 1 no duelo de ida das oitavas de final da UEFA Champions League. Veja a provável escalação do RB Salzburg contra os alemães.

Provável escalação do Red Bull Salzburg

Primeiramente, a provável escalação do Red Bull Salzburg para o duelo frente o Bayern deve ter poucas alterações em relação ao time que jogou no embate de ida. Isso porque o time não tem suspensos.

Ademais, o polonês Kamil Piatkowski e o francês e camisa 10 do time, Antoine Bernède, jogaram no fim de semana como titulares e podem ser surpresas no time titular. Contudo, o técnico não deve ter grandes mudanças na equipe que empatou o primeiro jogo. Portanto, veja a provável escalação do RB Salzburg:

Red Bull Salzburg escalação: Philipp Köhn; Kristensen, Solet, Wober e Ulmer; Camara, Capaldo, Seiwald e Aaronson; Adeyemi e Adamu. Técnico: Matthias Jaissle.

Provável escalação de Bayern de Munique x RB Salzburg

Em suma, a provável escalação de Bayern de Munique x Red Bull Salzburg não deve sofrer grandes mudanças, afinal, apenas duas semanas separam os confrontos. Por outro lado, os times jogam suas ligas locais no fim de semana, o que pode gerar desgaste nos atletas. De fato, é comum que alguns jogadores sejam poupados para os grandes jogos. Contudo, já se encaminhando para a reta final da temporada, todos querem jogar.

Desfalques do Red Bull Salzburg

Antes de mais nada, a maior dúvida na Red Bull Salzburg escalação é o suíço Noah Okafor, que se lesionou aos 11 minutos do 1º tempo da primeira partida. Além disso, o RB Salzburg relatou um surto de COVID-19 dentro do clube. Assim, pelo menos 15 jogadores e funcionários testaram positivo para COVID-19.

Por certo, no comunicado de imprensa do clube, nenhum nome foi dado. De fato, alguns jogadores foram relatados de ter sintomas leves. Contudo, aqueles que testaram positivo estão em quarentena de acordo com todas as diretrizes adequadas.

Decerto, jogadores e funcionários terão que passar por mais uma rodada de testes antes de poderem treinar novamente nas instalações do clube. Em resumo, o clube também cancelou todas as aparições públicas entre as semanas de hiato até o jogo frente ao Bayern e proibiu qualquer pessoa de fora do clube de participar das sessões de treinamento.

Jogador destaque do Red Bull Salzburg

De antemão, o artilheiro do RB Salzburg na temporada é o alemão Karim Adeyemi, com 14 gols em 19 jogos, média de 0,73 gols por jogo. Atrás dele está seu companheiro de ataque, o suíço Noah Okafor, com sete tentos em 15 jogos.

Bem como, soma também sete assistências na temporada, sendo o 2º colocado em participação em gols, visto que Adeyemi tem duas assistências, chegando a 16 participações. Ademais, o defensor Kristensen é outro que participa bastante, tendo seis gols e três assistências na temporada.

destaque-Red-Bull-Salzburg
Karim Adeyemi Foto: xFotostandx / xWassmuthx

Últimas conquistas do Red Bull Salzburg

Em primeiro lugar, o clube foi fundado em 1933 e conquistou seu primeiro título da Bundesliga só em 1994. Este foi o primeiro de três no período de quatro temporadas que também o levaram à final da Copa da UEFA de 1994.

Mas o clube conquistou 15 títulos da liga e se encaminha para a 16ª conquista, sendo que venceu os últimos oito de maneira consecutiva. Então, não há competição na Áustria a altura do RB Salzburg. Além disso, levantaram oito Copas da Áustria, três Supercopas da Áustria e duas vezes a 2ª divisão, além da Young Champions League de 2016/17.

Foto destaque: Divulgação / RB Salzburg

Artigo anteriorRússia x Ucrânia: o que o conflito interfere no Futebol
Próximo artigoLyon x Lille – Melhores momentos e resultado
Quando pequeno quis ser jogador. O sonho de criança passou, mas a vontade de crescer estava a mil. Bem-vindo ao melhor site brasileiro de futebol inglês. Bem-vindos ao PL Brasil. Sou Eric Filardi, paulistano de 28 anos, criado em Taboão da Serra, jornalista pós-graduado em Jornalismo Esportivo e apaixonado por futebol. Como todo jornalista amo escrever. Como todo brasileiro amo futebol. Tenho meu clube e minhas preferências, mas viso o profissionalismo e a imparcialidade, sem deixar de lado a criatividade. Sou Tricolor, Peixe, Palestra e Timão. Sou da Colina, Glorioso, Flu e Mengão. Sou brasileiro, hermano, francês e italiano. Sou Ghiggia, Paolo Rossi, Caniggia e Zidane. Sou Alemanha dos 7 x 1, mas que o povo não se engane. Também sou Ronaldo, Romário, Zico, Garrincha e Pelé. Sou Bundesliga, MLS, Eredivisie e Premier. Sou das várzeas e dos terrões. Sou Clássico das Multidões. Sou Sul, Nordeste, Amazônia e Pantanal. Sou Galo, Raposa, Bavi e Grenal. Sou Ásia e África. Sou Barça e Real. Sou as Américas, a Europa, sou o mundo em geral. Sou a festa nas arquibancadas que o estádio incendeia: tenho Futebol na Veia.