Empoli – História, estatísticas e conquistas

Fundado em 1920, o Empoli foi criado por jovens estudantes. A saber, a cidade que o clube nasceu possui apenas 40 mil habitantes. Uma das principais características da instituição historicamente, é a força nas categorias de base. Fundado em 1965, o estádio do Empoli se chama Carlo Castellini, com uma capacidade para 20 mil torcedores. Por fim, o seu principal apelido é Azzurri.

Trajetória do Empoli: fundação, conquistas e ascensão

Certamente, o começo da sua trajetória no mundo do futebol, foi apenas na década de 80, onde o Empoli começou a ganhar importância no cenário nacional, pois antes disso, o clube sempre figurou nas divisões inferiores na maior parte da sua existência.

Entretanto, o Empoli conseguiu acesso à Série A, apenas na temporada 1985/1986, o que foi celebrado como um título, por ser considerado um time pequeno do interior. Os últimos 20 anos do clube, se basearam entre idas e vindas na Série A, B e C.

Os seus três títulos nacionais, foram todos da Série B, conquistado no ano de 2005, 2018 e 2021. Alguns anos atrás, um dos escândalos mais famosos de todos os tempos, acabou punindo Milan e Juventus, devido à manipulações de resultados. Sendo assim, o clube conquistou uma vaga na Copa da Uefa, porém a sua participação foi suspensa por conta do Empoli não possuir licença para disputar competições europeias.

Títulos da sua história:

  • 3x campeão Série B (2005, 2018 e 2021)
  • 1x Italian Lega Pro Champion (B) (1983)
  • 1x Italienischer Pokalsieger (Serie C) (1996)

Mercado de Transferências do Empoli

Antes de tudo, confira as principais contratações no mercado da bola, vendas, rumores e ídolos.

Ismael Benaccer, do Empoli para o Milan, por € 18 milhões, no mercado de transferências de 2019/20

Certamente, no mercado da bola de 2019, o Empoli realizou a maior venda do clube na história, por € 18 milhões (aproximadamente R$ 100 milhões). Trata-se do meia argelino, naturalizado francês, Ismael Benaccer, revelado pelo Arves-Avignon, da França. Enfim, pela equipe, foram 72 jogos, dois gols marcados e seis assistências.

Hamed Junior Traoré, do Empoli para o Sassuolo, por € 16 milhões, no mercado de transferências de 2021/22

Em 2021, no mercado da bola, após rumores de clubes europeus, a jovem promessa marfinense se transferiu para o Sassuolo, numa transação avaliada em R$ 90 milhões. Entretanto, no clube de Empoli, Traoré não despontou, mas ajudou o clube financeiramente. Entre a equipe profissional e a base, Traoré marcou 20 gols, em pouco mais de 100 jogos.

Antonino La Gumina, do Palermo, por € 9 milhões, em 2018/10

No mercado da bola de 2018, o Empoli  concretizou a compra do atacante Antonio La Gumina, por pouco mais de R$ 50 milhões. Na equipe principal, apesar dos poucos gols, La Gumina fez boas exibições.

Francesco Caputo, do Entella, por € 3 milhões, no mercado da bola de 2017/18

Atualmente no Sassuolo, Francesco Caputo transferiu-se para o Empoli no ano de 2017, após os rumores se concretizarem. Portanto, foi uma transação considerada ótimo custo benefício para o clube, sendo que Caputo marcou 43 gols em 80 jogos.

Francesco Tavano, o maior artilheiro de todos os tempos do clube

Em síntese, revelado pelo próprio Empoli, tornou-se o maior artilheiro da história do clube. Embora não ter conquistado nenhum título com a equipe, foi considerado o grande ídolo do pequeno clube toscano. Em suma, marcou 120 gols, em 321 jogos.