A grande temporada de Emiliano Martínez no Aston Villa

Argentino é um dos melhores goleiros da atual temporada da PL

Emiliano Martínez
Credit Neil Hall Imago

Quando o Aston Villa pagou 17 milhões de libras para contratar o goleiro Emiliano Martínez, poucos acreditavam que o preço pudesse se justificar. Não que fosse uma contratação ruim, mas sendo um goleiro reserva e tendo atuado em apenas nove partidas de liga, o risco de dar errado era enorme.

Hoje todos podemos falar sobre a grande temporada do ex-goleiro reserva do Arsenal. Martínez vive grande fase e tem sido crucial na excelente campanha do Aston Villa na Premier League.

Ele simplesmente está nas discussões sobre os melhores jogadores da temporada e não é nenhum absurdo considerar o argentino hoje como o melhor goleiro da liga. Martínez tem apresentado números assustadores para um arqueiro de time médio.

Números de Emiliano Martínez são incontestáveis

O Aston Villa sofreu apenas 28 gols em 27 partidas: é a terceira melhor defesa do campeonato, ficando atrás apenas de Manchester City e Chelsea. Depois de muito tempo, um time de fora do Big Six pode se orgulhar de tamanho feito.

Em comparação com a temporada passada, os Villans já tinham sofrido incríveis 54 gols nesta mesma altura. Com Emiliano Martínez, o percentual de gols concedidos na liga caiu em aproximadamente 46% – portanto, quase que pela metade.

Alguém pode argumentar que o sistema defensivo pode estar dando conta do recado, com Martínez “surfando na onda” do bom momento. Entretanto, o arqueiro argentino realiza 3.6 defesas por jogo, número que o coloca no top-5 do quesito.

Leia mais: Raphinha, o brasileiro que chama atenção no Leeds United

Além disso, ele garantiu até o momento 14 clean sheets para o time de Birmingham – ficando atrás apenas de Ederson, com 16. Em muitos desses jogos, podemos atribuir o resultado especificamente ao camisa 26. De fato, o Aston Villa não pontuaria tanto sem ele.

Desempenho acima da média também com a bola nos pés

Emiliano Martínez também é bem ativo com a bola nos pés, seja para iniciar a construção ofensiva do time ou para se tornar uma opção de recuo.

O argentino tem uma média de 40,6 toques na bola por jogo. Portanto, tal participação significa que Martínez possui a confiança dos companheiros de time para intervir quando necessário.

Em comparação com os goleiros dos quatro primeiros colocados da liga, apenas Schmeichel e Mendy se aproximam no quesito, com 37,7 toques cada. Ederson, do Manchester City, tem apenas 30,5 toques por jogo.

Todos esses números expõem a grande qualidade do goleiro, e levantam suspeitas se foi mesmo a coisa certa para o Arsenal desfazer-se do argentino.

Após uma grande reta final de temporada pelos Gunners, Emiliano Martínez estava pronto para assumir a posição, mas acabou barrado pela volta de Bernd Leno. Em outras palavras, o time de Londres deixou claro que o alemão seria a escolha número 1 novamente.

Em entrevista para o site The Athletic, Martínez se mostra otimista com relação ao futuro e afirmou que “o melhor ainda está por vir”. Estamos ansiosos para ver ainda mais do excelente goleiro.