Este é o valor do ‘bicho’ que o Chelsea vai ganhar caso seja campeão

4 minutos de leitura

A grande final da Copa da Liga Inglesa entre Liverpool e Chelsea está chegando. Neste domingo (25), a partir das 12h (horário de Brasília), Reds e Blues reeditam a final da edição de 2022 do torneio. Pensando em dar um incentivo a mais aos jogadores do time de Londres, a direção do clube preparou uma bonificação — o famoso “bicho”, como é chamada no Brasil. Só que o valor não é exatamente o que se espera desse tipo de gratificação.

De acordo com o “Daily Mail”, os atuais proprietários do Chelsea devem seguir mesma política de redução de salários em relação ao bônus oferecido caso a equipe levante a primeira taça da era dos donos Todd Boehly/Clearlake Capital no Stamford Bridge.

Bonificação do Chelsea deve ser menor que um dia de salário de jogador

A apuração do jornal inglês aponta que será oferecido o “bicho” no valor de 500 mil libras (R$ 3,1 milhões) ao elenco. Dividido entre os 25 integrantes do elenco, cada um deve receber por volta de 20 mil libras (R$ 124 mil), o que corresponde a menos de um dia de salário de boa parte dos atletas da Premier League.

No entanto, a divisão não deve ser feita de forma igualitária. Isso porque o esquema de bônus do Chelsea oferece a cada jogador uma porcentagem relacionada aos minutos em campo de cada um ao longo do torneio.

Colwill e Mudryk no Chelsea
Colwill e Mudryk no Chelsea. Foto – Icon sport

Apesar de parecer um valor alto num primeiro momento, ele é menos de um terço do valor recebido pelos jogadores do Manchester United quando venceram a final da Copa da Liga Inglesa em 2023, contra o Newcastle. Na ocasião, a família Glazer desembolsou 1,6 milhão de libras ao elenco dos Red Devils, cerca de R$ 10 milhões na cotação da época.

A premiação dada pela Associação de Futebol da Inglaterra (FA) ao campeão da Copa é mais generosa que o bicho dos Blues. O grande vencedor receberá 1 milhão de libras (R$ 6,2 milhões), o maior valor em prêmio já oferecido na história da competição. 

O “Daily Mail” diz ainda que o Chelsea oferece bônus maiores relacionados à Champions League, tanto em relação à vitórias na competição como em classificação para a competição.

Maria Tereza Santos
Maria Tereza Santos

Me formei em Jornalismo pela PUC-SP em 2020. Antes de escrever para a PL Brasil, fui editora na ESPN e repórter na Veja Saúde, Folha de S.Paulo e Superesportes.