Eduardo Coudet completa um ano como treinador do Celta de Vigo

Eduardo Coudet completa um ano como treinador do Celta de Vigo
Foto: Reprodução/Twitter

No dia 12 de novembro de 2020, o Celta de Vigo anunciou a contratação do técnico Eduardo Coudet. Assim, El Chacho como é chamado, desembarcava em Vigo há exatamente um ano para comandar a equipe em que já havia atuado como jogador em 2002, depois de deixar o Internacional de Porto Alegre.

Eduardo Coudet no Celta

A princípio, o início de Coudet no Celta não foi dos melhores. Sua partida de estreia se deu nove dias após sua chegada, numa partida contra o Sevilla no Sánchez Pizjúan. O treinador, que ainda estava nas tribunas, viu o time que empatava até os 40 minutos do segundo tempo sofrer dois gols no fim e perder por 4 x 2.

Contudo, a derrota na estreia foi a última da equipe no ano de 2020. Após isso, Coudet deu outra cara ao time e, nas sete partidas seguintes, o Celta obteve seis vitórias e um empate. Certamente, Eduardo Coudet mudou o patamar do clube na temporada.

O time que lutava contra o rebaixamento chegou a sonhar com uma vaga numa competição europeia. E por pouco não conseguiu, terminando o campeonato em 8º. Ainda assim, o saldo do trabalho do técnico na temporada foi muito positivo.

Entretanto, nesta temporada o Celta não teve um bom início de campeonato. Em 13 partidas, o time venceu apenas três, empatou três e perdeu sete. Dessa forma, o time ocupa a 15ª posição na tabela, duas acima da zona de rebaixamento, lugar em que a equipe já esteve. Ainda assim, o treinador segue com moral com a diretoria, com seus jogadores e com a torcida.

A carreira de Eduardo Coudet

O começo da carreira de Eduardo Coudet como treinador foi no Rosário Central da Argentina, clube onde é ídolo. Decerto, Coudet fez a equipe voltar a ter destaque no cenário nacional e continental. O Rosário chegou a final da Copa Argentina em 2015 e chegou em 3º no Campeonato Argentino.

Do mesmo modo, o desempenho na Libertadores de 2016 foi surpreendente. Afinal, o time enfrentou gigantes como Nacional-URU e Palmeiras em seu grupo e terminou como líder. Nas oitavas a equipe enfrentou o Grêmio e passou com um 4 x 0 no placar agregado. A eliminação veio apenas nas quartas para o futuro campeão Atlético Nacional, no último minuto da partida de volta.

Coudet voltou a fazer barulho no futebol argentino em 2018 no comando do Racing. Nesse hiato, o treinador havia passado pelo Tijuana do México sem muito destaque. O treinador se despediu de Avellaneda com o título do Campeonato Argentino.

O próximo destino de El Chacho seria o Brasil, mais precisamente, o Internacional. Mas, o futebol brasileiro já estava presente na família do treinador. Afinal, Coudet é sobrinho de Filpo Núñez, histórico técnico do Palmeiras na década de 60.

A passagem de Eduardo Coudet pelo Internacional não rendeu títulos, contudo, o técnico conquistou o respeito dos torcedores pelo futebol que o time apresentava. O Inter, que não tinha um dos elencos mais balados, esteve na liderança do Brasileirão por muito tempo. Além disso, Coudet conseguiu tirar muito de jogadores que pouco se esperava, como Thiago Galhardo, cujo qual foi contratado pelo Celta a pedido do técnico.

A partida que celebrará um ano do técnico argentino frente ao Celta será contra o Villarreal, sábado (20), no Estádio de Balaídos.