Novo dono do Manchester United revela motivo para não contratar Mbappé: ‘Não é inteligente…

4 minutos de leitura

O novo dono do Manchester United, o empresário britânico Sir Jim Ratcliffe, descartou a ideia de contratar craques geracionais para o clube. Ele usou nomes como Jude Bellingham e Kylian Mbappé para exemplificar seus planos para o mercado.

Em entrevista ao podcast “Geraint Thomas Cycling Club”, ele disse que não é inteligente investir valores tão altos em grandes nomes. A ideia do clube é adotar uma estratégia focada na reestruturação interna.

Por que Mbappé não combina com o Manchester United?

Em vez de perseguir jogadores renomados como Mbappé, Ratcliffe prefere investir na descoberta e desenvolvimento de jovens talentos. Ele acredita que essa é a maneira mais inteligente de construir um time de sucesso a longo prazo.

— Ele é um ótimo jogador de futebol, [mas] não é onde está o nosso foco. A solução não é gastar muito dinheiro em alguns jogadores excelentes. Eles [United] fizeram isso, se você olhar para os últimos 10 anos — disse o empresário.

mbappe manchester united
(Foto: Icon Sport)

O novo dono do clube quer garantir que o recrutamento esteja correto. Para ele, uma parte vital da administração de um clube de futebol é acertar o recrutamento e encontrar novos jogadores.

— Prefiro encontrar o próximo Mbappé, em vez de gastar uma fortuna para comprar o sucesso. Não é muito inteligente comprar o Mbappé, qualquer um poderia descobrir isso — afirmou.

O camisa 10 da seleção francesa deve deixar o Paris Saint-Germain e rumar ao Real Madrid, com quem tem negociações há anos. Seu contrato no clube parisiense acaba ao fim desta temporada e ele sairá de graça.

A prioridade de Ratcliffe

Ratcliffe reconhece que o sucesso do United não depende apenas da contratação de estrelas. A prioridade é reestruturar o clube, colocando as “pessoas certas nos cargos certos” para gerenciar e organizar a equipe.

Isso inclui a criação de um processo de recrutamento eficiente para encontrar e desenvolver novos talentos. Esse também é um processo que pode demorar mais para render frutos, uma vez que os jovens encontrados só devem “explodir” alguns anos depois.

Manchester United
(Foto: Icon Sport)

Um exemplo de sucesso no recrutamento do clube é o de Kobbie Mainoo, jovem de 18 anos que chegou ao time profissional nesta temporada e já se tornou titular quase absoluto.

O inglês assumiu um grande controle sobre as operações do United após comprar um quarto do clube para se tornar co-proprietário com a mal vista família Glazer. O negócio foi confirmado no mês passado, e Ratcliffe deve ter os dizeres sobre o que acontece no futebol dos Red Devils.

Guilherme Ramos
Guilherme Ramos

Jornalista pela UNESP. Escrevi um livro sobre tática no futebol e sou repórter da PL Brasil. Já passei por Total Football Analysis, Esporte News Mundo, Jumper Brasil e TechTudo.

Contato: [email protected]