Dinamarca x Espanha Eurocopa Feminina – Melhores momentos e resultado

Nesta tarde de sábado (17), a Espanha venceu a Dinamarca por 1 x 0 com gol aos 90 minutos, no Brentford Community Stadium, em Brentford, Inglaterra. A saber, a partida foi válida pela terceira e última rodada da Eurocopa Feminina, pelo Grupo B. Então, acompanhe aqui na Premier League Brasil os melhores momentos e resultado dessa classificação com gol nos minutos finais para as quartas de final.

Dinamarca x Espanha – Melhores momentos

1º Tempo: Dinamarca começou assustando, depois sofreu e mesmo assim manteve o empate

Antes de tudo, aos 13 minutos de jogo Pernille Harder recebeu um grande lançamento em profundidade e tentou encobrir a goleira Paños. Mas a bola passou por cima da meta, subindo demais. Depois, a seleção da casa começou uma jogada pelo lado direito e Athenea Del Castillo aproveitou o cruzamento, que levou perigo ao gol adversário.

Assim, a Dinamarca até conseguiu ter umas chances perigosas até o meio do primeiro tempo, mas depois, foram dominadas na partida. Com uma frequente chegada das espanhóis na grande área, os 45 minutos iniciais terminaram sem gols.

2º Tempo: Nos minutos finais, Marta Cardona marcou e colocou a Espanha nas quartas

De antemão, essa segunda etapa já começou com uma grande chance da La Roja. Marta Cardona cruzou, a goleira espalmou e no rebote, Olga Carmona chegou finalizando, para fora. E justamente ela decidiu a partida.

Em síntese, já nos acréscimos, Marta Cardona recebeu cruzamento e cabeceou para colocar a Espanha nas quartas de final. Por fim, terminando o jogo com 66% de posse de bola e cinco finalizações na meta, um simples 1 x 0 serviu para classificar.

Dinamarca x Espanha – O que acontece agora?

Portanto, a Seleção Espanhola jogava por uma vitória ou um empate para se classificar para as quartas de final e consegui. De uma maneira dramática ainda por cima, passou como segunda colocada no grupo, com seis pontos em três jogos disputados. Logo, vai enfrentar a grande favorita e anfitriã na próxima fase, a Inglaterra, que mantém 100% de aproveitamento.

Por outro lado, sua adversária só podia contar com a vitória para se classificar e não o fez, se despedindo da competição na terceira posição, com três pontos.