Diego Carlos – Mercado da bola, transferências e estatísticas

Diego Carlos Santos Silva, conhecido por apenas Diego Carlos, é um jogador profissional brasileiro. A saber, o jogador tem 29 anos, nascido em 15 de março de 1993, em Barra Bonita, São Paulo. Contudo, zagueiro foi contratado pelo Aston Villa para a temporada 2022/23. Com isso, confira a trajetória do atleta na carreira. 

Diego Carlos – Início da carreira 

Diego Carlos iniciou a sua carreira bem jovem na divisão de base do Desportivo Brasil em 2012. Logo, em 2013, se destacou e o São Paulo conseguiu o empréstimo do zagueiro para a disputa da Copa São Paulo daquele ano. Neste ínterim, Diego Carlos se destacou na categoria de base e logo subiu para o time principal do Tricolor Paulista.

A saber, o defensor não teve oportunidades no São Paulo, foi emprestado para times menores no Rio de Janeiro e São Paulo. Portanto, em 2014, a Europa foi o caminho do zagueiro, que não teve seu futebol reconhecido no país. 

Trajetórias, conquistas e highlights de Diego Carlos 

Com o pouco reconhecimento no futebol brasileiro, o Estoril Praia obteve o defensor de graça em 2014. No entanto, em apenas dois meses no clube, o Porto B, conseguiu um empréstimo de Diego Carlos.

Com isso, jogou uma temporada no time alternativo dos portistas e logo voltou para Estoril. Porém, na segunda passagem pelo Estoril Praia, o zagueiro brasileiro se destacou e o Nantes o contratou por 1,3 milhão de euros em 2017. 

Neste ínterim, a ida para a França foi a melhor opção de Diego Carlos no momento. Pelo Nantes, o brasileiro teve boas atuações em 108 jogos e trouxe rumores no Sevilla. Em 2019, o Sevilla conseguiu a contratação do defensor por 15 milhões de euros. 

Em suma, o melhor momento da carreira de Diego Carlos foi no Sevilla. Logo, na sua primeira temporada, 2019/20, o zagueiro conquistou a Liga Europa. A saber, Diego Carlos foi um dos destaques da vitória dos Rojiblancos sobre a Inter de Milão por 3 x 2 em Colônia, na Alemanha. 

A boa temporada no Sevilla, trouxe o questionamento na imprensa nacional, sobre a convocação de Diego Carlos. Que, consequentemente, foi convocado para a seleção brasileira. Além disso, o defensor participou do ouro olímpico do Brasil no futebol nas Olímpiadas de Tóquio 2020. 

Transferência e mercado da bola da carreira de Diego Carlos 

Primeiramente, Diego Carlos iniciou a carreira na base do Desportivo Brasil, clube com filosofia de produzir jogadores para o mercado da bola, em 2012. Logo, em 2013, o São Paulo conseguiu o empréstimo do zagueiro ainda nas divisões de base.

Com isso, em pouco tempo subiu para o profissional, porém sem êxito. Além disso, em 2014, o jovem defensor foi emprestado para o Paulista de Jundiaí e o Madureira. Mas, a custo zero, no mesmo ano, chegou ao Estoril Praia. 

Além do mais, o zagueiro foi emprestado para o Porto B ainda em 2014. Em 2015, com o término do empréstimo retornou ao Estoril e se destacou. No entanto, o Nantes da França contratou o jogador no mercado da bola na temporada 2016/17 por 1,3 milhões de euros.

Após destaque na França, o Sevilla o contratou por 15 milhões de euros na temporada 2019/20. Após boas temporadas no Sevilla, para a temporada 2022/23, o jogador chega ao Villa por cerca de 26 milhões de Libras para disputar a Premier League.

Nantes 

Diego Carlos jogou no Nantes entre as temporadas 2017 e 2019. Com isso, atuou por 108 jogos e marcou quatro gols. Neste ínterim, no futebol físico da França, o defensor se destacou e abriu os olhos de outros mercados no futebol europeu. 

Sevilla 

Antes de mais nada, no Sevilla, o zagueiro passou por seu melhor momento. Entre 2019 e 2022, o defensor disputou 136 jogos, marcou seis gols e conquistou a Liga Europa da temporada 2019/20. Com isso, as boas atuações no time rojiblanco, renderam as primeiras convocações do jogador para a Seleção Brasileira. 

Aston Villa

A saber, o atleta chegou ao Aston Villa por 26 milhões de libras. Para a temporada 2022/23, Diego Carlos chega para ser um pilar da defesa do time de Steven Gerrard. No entanto, o zagueiro se une aos brasileiros Philipe Coutinho e Douglas Luiz. 

Seleção Brasileira 

Após destaque no Sevilla, o defensor passou a ser convocado e surgiu rumores do próprio na Copa do Mundo. O jogador obteve convocações, porém não teve oportunidades. 

Diego Carlos teve oportunidades na Seleção Brasileira Olímpica e esteve no elenco campeão olímpico em Tóquio 2020. A saber, devido a pandemia, as Olimpíadas aconteceram em 2021.