Dí Maria se despede aos prantos do PSG

Dí Maria se despede aos prantos do PSG
Foto Destaque Divulgação: Paris Saint-Germain

Antes de tudo, Ángel Dí Maria jogou seu último com a camisa do PSG neste sábado (21) e não segurou as emoções. Assim, a equipe goleou o Metz por 5 x 0 dentro do Parc des Princes e o jogador pôde se despedir frente à torcida, com direito a um último gol. Então, acompanhe aqui na Premier League Brasil seus últimos momentos em Paris.

De antemão, o argentino deu adeus da melhor forma, com um gol e uma assistência. Além de ficar com uma pontuação na partida melhor que Mbappé pelo Sofascore (que marcou um Hat-trick).

Dessa forma, ao final do jogo, Fideo ainda foi para rampa do estádio sem camisa e com um sinalizador na mão, para entoar uma última vez os cantos parisienses. Com isso, não faltou respeito e grande carinho de ambas as partes, afinal, foram sete anos dessa linda história.

Muito feliz e contente por poder terminar o último jogo com gol e assistência. Poder aproveitar tudo isso é algo muito lindo para mim. Depois de 7 anos aqui, maravilhoso para mim e para mim família. Será algo inesquecível. – Comentou Dí Maria após o jogo

Em suma, os jogadores ainda fizeram um corredor para aplaudir o craque, que reagiu da seguinte forma:

É normal (a homenagem dos jogadores). São muitos anos aqui, são momentos muito importantes da minha vida, são 7 anos, a metade da minha carreira aqui. Ir assim desta maneira é a melhor coisa que poderia acontecer.

Um pouco da trajetória de Dí Maria

A saber, Ángel já havia brilhado no Real Madrid (onde chegou a marcar e venceram a final da Champions em 2013/14). Depois se transferiu para o Manchester United, em uma curta passagem.

Mas na temporada 2015/16, o PSG pagou 65 milhões de euros para tirá-lo da Inglaterra. E marcou seu primeiro gol com a camisa dos Les Rouge et-Bleus logo na Champions League, na vitória sobre o Malmo, da Suécia. Desde então, fez sua melhor campanha em um clube e rapidamente conquistou os torcedores.

Portanto, se tornou o melhor passador da história do time da capital francesa, com 93 tentos e 111 assistências em 293 partidas. Ainda assim, se tornou o jogador de futebol com mais assistências dadas em uma única temporada, contabilizando 22 em uma só temporada.

Por fim, conquistou seu primeiro título com a seleção argentina no ano passando, quando fez o gol da vitória para cima do Brasil, na Copa América. Além disso, venceu as Olímpiadas de Pequim em 2008 e foi vice na Copa do Mundo de 2015.