10 jogadores que passaram pelo Southampton e talvez você nem saiba

Confira uma lista de dez jogadores que vestiram a camisa dos Saints, mas não são tão lembrados assim

crouch southampton
SOUTHAMPTON, ENGLAND - JANUARY 22: Peter Crouch of Southampton celebrates scoring the second goal for Southampton during the Barclays Premiership match between Southampton and Liverpool at St. Mary's Stadium on January 22 in Southampton, England. (Photo by Paul Gilham/Getty Images) *** Local Caption *** Peter Crouch

A equipe da PL Brasil separou uma série de posts de dez atletas que você nem se lembra que atuaram no futebol inglês. O post de hoje é sobre os jogadores que passaram pelo Southampton e temos dez nomes que você provavelmente nem sabia que tinham vestido o uniforme dos Saints.

10 jogadores que passaram pelo Southampton e talvez você nem saiba 

Mark Hughes (1998-2000)

Getty Images

Técnico do Stoke City desde 2013, Mark Hughes foi um ótimo atacante nos seus tempos de jogador. Revelado pelo Manchester United, Hughes chegou a jogar no Barcelona e no Bayern de Munique antes de voltar aos Red Devils e fazer sucesso.

Em 1998, foi negociado com o Southampton e por lá ficou por uma temporada e meia. Foram apenas dois gols marcados e, em 2000, Hughes foi jogar no Everton.

Gareth Bale (2006-07)

Reuters

Gareth Bale foi revelado pelo Southampton em 2006 e fez uma ótima temporada de estreia. Na Championship, participou de 43 partidas e fez três gols.

Os Saints não subiram para a Premier League naquele ano, mas as atuações de Bale chamaram a atenção do Tottenham, que o contratou em 2007. Dos jogadores que passaram pelo Southampton, é considerado o mais vitorioso.

Alex Oxlade-Chamberlain (2010-11)

EMPICS

Atualmente no Arsenal, Ox começou a jogar nos Saints com apenas sete anos de idade. Em 2010, foi promovido à equipe profissional e, assim como Bale, só precisou de uma temporada para chamar a atenção de um gigante londrino.

Depois de marcar dez gols em 40 jogos em uma temporada em que os Saints disputaram a terceira divisão inglesa, Chamberlain foi contratado pelo Arsenal e lá está até hoje.

Michail Antonio (2009-10)

Getty Images

Um dos destaques do atual elenco do West Ham e que tem sido convocado regularmente para a seleção inglesa também vestiu a camisa dos Saints. Michail Antonio pertencia ao Reading quando foi emprestado ao Southampton em 2009 para a disputa da terceira divisão inglesa.

Em 38 jogos pelos Saints, foram sete gols marcados. O polivalente jogador ainda foi emprestado pelo Reading ao Colchester e ao Sheffield Wednesday, que o adquiriu em definitivo e depois o vendeu ao Nottingham Forest. Em 2014, chegou ao West Ham e ao ápice de sua carreira.

Peter Crouch (2004-05)

Getty Images

Um dos maiores andarilhos do futebol inglês jogou no Southampton quando tinha 23 anos. Depois de passar por Tottenham, QPR, Portsmouth, Aston Villa e Norwich, Peter Crouch chegou ao Southampton em 2004 e foi outro a ficar apenas uma temporada no St. Mary’s.

A média de um gol a cada dois jogos pelos Saints despertou o interesse do Liverpool, que o contratou em 2005. Crouch ainda voltaria ao Portsmouth e ao Tottenham antes de chegar ao Stoke, clube que defende atualmente e pelo qual disputou mais partidas na carreira.

Leia também: 10 jogadores que passaram pelo Leicester e talvez você nem saiba

Theo Walcott (2005-06)

Getty Images

Assim como Bale e Chamberlain, Walcott é cria da base do Southampton – ele, porém, só ficou meia temporada no time profissional.

Entre 2005 e 2006, foram 22 jogos e cinco gols pelo clube, que foi o 12º colocado na Championship. Logo em janeiro de 2006, Walcott foi negociado com o Arsenal, clube pelo qual atua até hoje.

Luís Boa Morte (1999-2001)

Getty Images

O português fez o caminho inverso de Ox e Walcott: atleta do Arsenal entre 1997 e 1999, Boa Morte chegou ao Southampton vindo dos Gunners.

Pelos Saints, o atacante marcou apenas uma vez em 17 jogos – em uma derrota por 3 a 2 para o Watford. Em 2000, foi emprestado ao Fulham, onde rendeu muito mais e acabou contratado em definitivo pelo time de Londres.

Garry Monk (1996-2004)

swanseacity.net

O número é absurdo, mas real: em oito temporadas como atleta vinculado ao Southampton, Garry Monk só jogou treze partidas com a camisa dos Saints.

Torquay, Stockport, Oxford, Sheffield Wednesday e Barnsley contrataram o jogador por empréstimo nesse período. Em 2004, o Barnsley o contratou em definitivo e o vendeu para o Swansea no mesmo ano. Nos Swans, Monk virou ídolo, capitão e, entre 2014 e 2015, técnico.

Andrei Kanchelskis (2002-03)

fannet.org

Um dos grandes nomes do futebol soviético – e posteriormente russo – fez muito sucesso na Inglaterra e também jogou no Southampton. Kanchelskis atuou pelos rivais Dynamo de Kiev e Shakhtar Donetsk antes de chegar ao Manchester United em 1991.

Nos Red Devils, conquistou cinco títulos – entre eles, duas edições da Premier League. Depois de passar por Everton, Fiorentina, Rangers e Manchester City, o russo chegou aos Saints em 2002 e jogou apenas 53 minutos pela equipe. Não fez nenhum gol. E nem deixou saudades.

Iago Falqué (2012)

Digital South

Uma partida. Foi isso que Iago Falqué conseguiu disputar em sua passagem pelo Southampton em 2012. Recém-contratado pelo Tottenham junto à Juventus, a eterna promessa espanhola foi emprestada aos Saints e jogou 56 minutos na derrota por 2 a 0 para o Leicester.

De volta ao Tottenham, Falqué também não impressionou e foi emprestado a Almería e Rayo Vallecano antes de chegar ao Genoa.

No futebol italiano, finalmente conseguiu algum destaque e chegou a jogar na Roma antes de ser vendido em definitivo para o Torino, seu clube atual. É um dos jogadores que passaram pelo Southampton que não deixou saudade.

Acompanhe a PL Brasil no Youtube

  • Os maiores técnicos da história da Premier League