‘Soco no estômago’: Destaque da Premier League revela frustração por não ter ido ao Bayern

5 minutos de leitura

Uma das grandes histórias da janela de transferências entre julho e agosto, no início desta temporada, foi protagonizada por João Palhinha. Destaque do Fulham na edição passada da Premier League, ele estava certo no Bayern de Munique.

No entanto, no último dia da janela, a transferência não se concretizou. A frustração do técnico bávaro, Thomas Tuchel, foi expressada ao longo da temporada. Agora, foi o português quem desabafou: não ter ido foi um “soco no estômago”.

O ‘quase' de Palhinha no Bayern

João Palhinha estava em Munique para assinar seu contrato com o Bayern no dia 1º de agosto de 2023, quando a janela fechou e sua transferência não foi concluída. O clube alemão flertou com a possibilidade de tentar novamente, mas não houve mais contato.

— Foi um soco no estômago não ir para o Bayern de Munique, mas a vida segue e me resta trabalhar para um dia voltar a ter uma oportunidade dessa — disse o volante ao jornal português “O Jogo”.

Segundo ele, houve algumas conversas com o técnico do Fulham, Marco Silva, e ele deu grande apoio ao seu compatriota. “Quando isso aconteceu, falei com ele, dizendo-lhe o que me ia no coração e ele, tendo sido jogador, percebeu a situação.”

Thomas Tuchel, atual técnico do Bayern de Munique - Foto: Icon sport
Foto: Icon Sport

O meio-campista permaneceu na Premier League e segue sendo titular do Fulham. Até o momento na temporada, são 24 jogos na liga e 22 titularidades, com três gols marcados e uma assistência.

Palhinha chegou a Londres em julho de 2022, por 20 milhões de euros, depois de se destacar pelo Sporting. Ele tem contrato até 2028 com o clube inglês,

Sem pressão na Premier League

Palhinha também respondeu sobre a pressão de jogar na Premier League durante a entrevista ao jornal lusitano. No entanto, o jogador da seleção portuguesa afirmou sentir mais responsabilidade quando representava o Sporting:

— Tive oportunidade de jogar em um grande clube em Portugal e, quando me perguntam, eu digo que há maior pressão em jogar no Sporting do que no Fulham. Sinto-me motivado aqui, mas não pressionado.

palhinha premier league fulham
Foto: Icon sport

E ele não vê o Fulham como ponto alto da sua trajetória. O ex-jogador dos Leões afirmou que tem a ambição de dar um salto qualitativo na carreira e, para isso, precisa “dar seguimento ao processo na Inglaterra para alcançar outros patamares”.

Ainda assim, fez a comparação entre os dois clubes que jogou e admitiu: o clube da Premier League brigaria pelo título português.

— Não tenho dúvidas, até porque vemos clubes ingleses a irem buscar jogadores a Portugal. Os orçamentos fazem toda a diferença. Eles têm outra capacidade de investimento — disse o jogador.

Guilherme Ramos
Guilherme Ramos

Jornalista pela UNESP. Escrevi um livro sobre tática no futebol e sou repórter da PL Brasil. Já passei por Total Football Analysis, Esporte News Mundo, Jumper Brasil e TechTudo.

Contato: [email protected]