Depois de 74 anos fora, Brentford permanece na elite do futebol inglês

Depois de 74 anos fora, Brentford permanece na elite do futebol inglês
Brentford continuará fazendo história na Premier League. (Foto: Brentford)

A história do Brentford com a Premier League está apenas começando. Isso porque, os Bees solidificaram a campanha de permanência na elite inglesa, e agora, segue mais uma temporada no campeonato, após 74 anos fora da competição.

Atualmente, o time de Thomas Frank tem 40 pontos, com 11 vitórias, 7 derrotas e 16 empates. Com isso, o Brentford está garantido por mais uma temporada na liga.

O caminho de volta do Brentford a Premier League

Brentford contra Chelsea, na Premier League 2021-22
Brentford contra Chelsea, na Premier League 2021-22 (Foto: Brentfort)

A saber, os Bees retornaram a elite do futebol após 74 anos. Criado em 1889, o time londrino sempre transitou entre a terceira e segunda divisão inglesa, desde sua fundação.

A última participação do Brentford na 1ª divisão da liga inglesa foi na temporada 1939-40, quando a competição acabou sendo interrompida devido a Segunda Guerra Mundial. Desde então, os Bees não se firmaram na elite do país.

Entretanto, com a chegada dos anos 2000, o clube londrino conseguiu se recuperar das crises financeiras. Já entre 2007 e 2014, o Brentford ficou acomodado na League One, antiga 3ª divisão. Depois de grandes campanhas, alcançou a Championship na temporada 2014/15.

Nas próximas três temporadas, o Brentford terminaria no top 10 da competição. Contudo, na última época, os Bees chegaram ao 3º lugar da Championship, conseguindo a classificação aos play-offs. E com a vitória por 2 x 0 sobre o Swansea City, a equipe retornou à elite do futebol inglês.

A campanha do Brentford

Thomas Frank comandou os Bees para fazer história
Thomas Frank comandou os Bees para fazer história (Foto: Divulgação/Brentfort)

Com a volta, o time de Thomas Frank tivera como grande anseio a permanência na Premier League. Dito isso, a equipe londrina manteve o foco na competição mais importante que o clube já disputou, apesar de ter outros dois campeonatos para jogar na temporada: FA Cup e Carabao Cup.

A princípio, o Brent chegou longe na Carabao: a equipe foi eliminada nas quartas de final para o Chelsea. Já na FA Cup, os Bees se despediram do torneio na terceira fase.

Com ano livre para concentração na Premier League, Thomas Frank conseguiu fazer do Brentford um time competitivo. E por isso, acumula resultados importantes na temporada, após firmar bom elenco no torneio:

  • 6º maior artilheiro da liga: Ivan Toney
  • 9ª maior líder de assistências na liga: Bryan Mbeumo

O time em geral:

  • 12º colocação da Premier League
  • 11 vitórias
  • 16 empates
  • 7 derrotas
  • 2.18 em média de gols por jogo
  • 3.12 em média de gols fora de casa

Plantel de qualidade ajudou boa campanha

Eriksen e Toney são uns dos grandes nomes da equipe londrina.
Eriksen e Toney são uns dos grandes nomes da equipe londrina. (Foto: Divulgação/Brentford)

Como de praxe, a Diretoria do clube teve um grande objetivo nessa temporada: ter jogadores dentro do orçamento e que rendessem bom desempenho.

A saber, desde 2020, o time do Brentford opta por comprar jogadores em baixa, aumentar o valor de mercado, e vender o mesmo com alto lucro. Assim, a estratégia ajudou a equipe na reestruturação financeira, a ponto dos Bees terem um novo estádio de alto padrão: o Brentford Community Stadium.

E assim, para essa temporada, o time londrino montou elenco competente para conquistar o que almejou.

E agora?

Por fim, o time de Thomas Frank possui mais cinco duelos até o fim da Premier League, sendo eles contra: Tottenham, Manchester United, Southampton, Everton e Leeds.

Foto destaque: Reprodução / Brentford FC