5 jogos cruciais para a demissão de Pochettino no Tottenham

Após ser finalista da Champions, Spurs fracassaram neste início da atual temporada

0
142
Eriksen Tottenham Jan Kruger Collection Getty Images Sport
Jan Kruger Collection Getty Images Sport

Para espanto de todos os fãs do futebol inglês, o Tottenham anunciou na última última terça-feira (19) a demissão de Pochettino. Após cinco anos e meio no clube, a direção dos Spurs optou por desligar o técnico argentino após uma sequência de maus resultados em todas as competições.

O time londrino está apenas na 14ª colocação com 14 pontos conquistados e está bastante distante do grupo que briga por uma classificação para a próxima Champions League.

Separamos cinco jogos desta primeira metade da temporada que foram cruciais para a demissão de Pochettino do Tottenham e que fazem os Spurs apostarem em um futuro melhor com o técnico português José Mourinho.

Leia mais: Pochettino mudou o patamar do Tottenham dentro e fora da Inglaterra

1- Tottenham 2×7 Bayern de Munique (01/10 – Champions League)

Tottenham Dele Alli Sissoko Glyn Kirk Collection AFP
Glyn Kirk Collection AFP

Em um jogo considerado decisivo na busca pelo primeiro lugar do grupo B da Champions League, o Tottenham recebeu o Bayern de Munique em Londres e acabou sofrendo uma humilhante goleada por 7 a 2.

O grande destaque acabou sendo o alemão Serge Gnabry. Foram quatro gols e uma alfinetada no Tottenham nas redes sociais, dizendo que “Londres é vermelha”. Gnabry atuou pelo Arsenal entre 2011 e 2016.

A goleada acabou quebrando recordes, já que o Tottenham nunca havia levado sete gols em seus domínios. Até então, o recorde era de seis gols sofridos contra o Sunderland em 1914 e o Arsenal em 1935.

Uma outra curiosidade, é que fazia 24 anos que uma equipe inglesa não sofria tantos gols em uma única partida de competição europeia. Curiosamente, naquela ocasião a vitima acabou também sendo o Tottenham. A equipe acabou perdendo de 8 a 0 para o FC Koln da Alemanha em um jogo válido pela primeira fase da Copa Intertoto da Uefa.

Hoje, o Tottenham está na 2ª colocação do grupo com sete pontos, cinco atrás do Bayern de Munique, mas não deverá ter problemas para se classificar para o mata-mata.

Leia mais: Após demissão no Tottenham, qual será o futuro de Mauricio Pochettino?

2- Colchester 0 (4) x 0 (3) Tottenham (24/09 – Copa da Liga Inglesa)

Em jogo válido pela 3ª fase da Copa da Liga Inglesa, o Tottenham encarou o Colchester United, atual 10º colocado da League Two, a 4ª divisão, com uma equipe mesclada entre titulares e garotos da base.

Mesmo com uma posse de bola extremamente superior na casa dos 70%, os Spurs não foram capazes de sequer ter uma finalização certa na partida.

Após um empate por 0 a 0 no tempo normal, a decisão foi para os pênaltis. Christian Eriksen e o brasileiro Lucas Moura acabaram desperdiçando as suas cobranças e o Tottenham acabou sendo eliminado por 4 a 3.

3- Tottenham 0x1 Newcastle (25/08 – Premier League)

O Tottenham acabou sendo superado pelo Newcastle no Tottenham Hotspur Stadium, naquela que era a primeira vitória dos Magpies na atual edição da Premier League, após os comandados de Steve Bruce perderem os dois primeiros jogos.

Apesar da derrota, não foi por falta de tentativas que o Tottenham acabou saindo sem nenhum ponto do confronto. Com uma posse de bola impressionante de 80%, os comandados de Maurício Pochettino não conseguiram superar o ótimo sistema defensivo formado pelos Magpies.

O Tottenham saiu na bronca com arbitragem ao final do confronto, após um suposto pênalti do zagueiro Jamaal Lascelles em cima do atacante Harry Kane. O VAR demorou alguns minutos na checagem, mas optou por não marcar o pênalti.

Com gol do brasileiro Joelinton aos 27 minutos da etapa inicial, o Tottenham acabou perdendo a sua primeira partida na Premier League após um bom começo na competição.

4- Brighton 3×0 Tottenham (05/10 – Premier League)

Na 8ª rodada da Premier League, o Tottenham foi visitar o Brighton no sul da Inglaterra em um jogo para se esquecer. Logo aos três minutos de jogo, Lloris não segurou um cruzamento aparentemente tranquilo e soltou a bola na cabeça de Neal Maupay, que só teve o trabalho de empurrar a bola para as redes.

Para piorar, o goleiro francês acabou deslocando o cotovelo esquerdo na sua queda, teve de ser substituído logo no início da partida e dificilmente joga pelo Tottenham ainda nesse ano.

O jogo marcou também o surgimento de uma futura promessa na equipe dos Seagulls. O atacante irlandês Aaron Connolly de apenas 19 anos acabou marcando os seus dois primeiros gols pelo Brighton na Premier League.

5- Tottenham 1×1 Watford (19/10 – Premier League)

Eriksen Tottenham Jan Kruger Collection Getty Images Sport
Jan Kruger Collection Getty Images Sport

Logo após a tenebrosa atuação contra o Brighton e o término da data Fifa, o Tottenham tinha uma boa oportunidade de se recuperar na competição. O time tinha pela frente o então lanterna isolado Watford no Tottenham Hotspur Stadium.

No entanto, os planos de Mauricio Pochettino foram alterados logo aos seis minutos de jogo. Daryl Janmaat recebeu lançamento pelo lado direito e cruzou para Doucouré abrir o placar para os visitantes.

A partir daí, o jogo se transformou em ataque contra defesa. Os Spurs tinham as mesmas dificuldades de transformar suas chances em gol contra equipes da parte de baixo da tabela. Com 70% de posse de bola, o Tottenham conseguiu chutar 12 vezes no gol dos Hornets, mas apenas duas foram em direção ao gol.

O Tottenham conseguiu empatar o confronto apenas aos 41 minutos da etapa final. Após uma grande falha do goleiro Ben Foster, Dele Alli teve o trabalho de apenas chutar para o fundo das redes.

Apesar de não ter sido uma derrota, esse foi um dos resultados mais frustrantes dos Spurs na Premier League e contribuiu para a demissão de Pochettino. A equipe não conseguiu se aproveitar da péssima fase do lanterna Watford na competição.