Delegação do Union Berlin sofre ataques em Roterdã

Delegação do Union Berlin sofre ataques em Roterdã
Foto: Reprodução/AFP

Em suma, nesta quinta-feira (21), Feyenoord e Union Berlin se enfrentaram pela 3ª rodada da fase de grupos da UEFA Conference League. Assim, além do resultado de 3 x 1 ser ruim para o clube alemão, a delegação do clube acabou sendo atacada na noite anterior ao jogo.

Dessa forma, o porta voz dos Die Eisernen, Christian Arbeit, falou um pouco sobre o episodio na manhã dessa quinta-feira. “Felizmente não houve feridos graves. Você não espera algo assim. Cerca de um terço deles eram mulheres e também idosos.”

A saber, um grupo em torno de 25 pessoas, incluindo o presidente do Union Berlin Dirk Zingler e o conselheiro Oskar Kosche, estavam se divertindo e passando a noite em um próximos ao hotel que estavam hospedados para o duelo. Dessa forma, um grupo maior de pessoas atacou a delegação da capital alemã, atirando mesas e cadeiras na direção de todos.

Contudo, a policia rapidamente se dirigiu ao local, uma pessoas acabou presa e outra acabou sendo hospitalizada. Portanto, a policia da cidade de Roterdã se pronunciou na rede social Twitter, dizendo: “A pessoa saiu do hospital. Provavelmente foi principalmente o choque”.

Enfim, o clube holandês escreveu uma nota desaprovando os atos covardes cometidos contra os torcedores do clube alemão. Assim, a nota dizia que o clube repudia os atos e espera que os perpetradores sejam encontrados e punidos. Por fim, o Feyenoord venceu o Union Berlin por 3 x 1 e complicou a vida do clube na UEFA Conference League.