Deadline Day: 5 negociações que ‘floparam’ no último dia de mercado da bola europeu

3 minutos de leitura

A janela transferências do mercado da bola europeu de 2023 se encerra nesta sexta-feira (1º). Portanto, os clubes das principais ligas europeias se apressam para concluir as últimas negociações. É comum, portanto, que negociações “surpresas” sejam fechadas no deadline day, mas outras também dão errado no último minuto. A PL Brasil traz os principais negócios que “floparam” no último dia de janelas passadas.

Como acompanhar o último dia de mercado da bola?

A PL Brasil te traz todos os detalhes das últimas horas da janela de transferências europeias. Através de uma página exclusivamente dedicada ao Deadline Day, com atualização em tempo real, você fica por dentro de todas as transferências bombásticas do melhor futebol do mundo.

De Gea no Real Madrid

No verão europeu de 2015, o Real Madrid estava interessado no goleiro David De Gea, do Manchester United. Após semanas de rumores, os clubes chegaram a um acordo. O time inglês ainda receberia Keylor Navas numa troca de goleiros. Contudo, no último dia do mercado da bola daquele ano, os documentos não foram enviados a tempo de concluir a negociação. O episódio ficou marcado como “O Fax”, fazendo alusão à máquina que impediu que o negócio fosse concluído.

De Gea permaneceu no Manchester United até junho de 2023, encerrando o seu ciclo vitorioso no clube com um título de Copa da Liga Inglesa. Navas, por outro lado, foi anunciado pelo Paris Saint-Germain, onde ficou até 2019. O goleiro costarriquenho foi parar na Premier League apenas em janeiro de 2023, se transferindo para o Nottingham Forest.

Alexís Sánchez no Manchester City

Em 2018, o chileno Alexís Sánchez fechou com o Manchester United. No entanto, poucos meses antes, o jogador ficou perto de assinar com o arquirrival Manchester City. A negociação estava bastante adiantada, mas colapsou de última hora.

Os Gunners buscaram Thomas Lemar, do Monaco, como reposição, mas a contratação do francês não foi efetivada. Dessa maneira, o Arsenal negou o acordo com o City e a transferência “subiu no telhado” na reta final do mercado da bola.

Pogba no Barcelona

No fim da janela de verão europeu de 2018, Paul Pogba expôs sua insatisfação no Manchester United. O Barcelona, então, demonstrou interesse no jogador, porém, com pouco tempo para o desfecho da negociação com os ingleses, o acordo não aconteceu.

Pogba deixou o Manchester United em junho de 2022 sem deixar muita saudades no torcedor, já que esteve em campo poucas vezes pelo clube e foi encarado diversas vezes como um “problema” para os Red Devils resolverem. O meia francês retornou à Juventus, onde ainda não conseguiu repetir os feitos de sua primeira passagem pelo clube italiano.

Lingard
Pogba e Lingard no Manchester United – Foto: Icon Sport

Depay no Chelsea

No Deadline Day do verão europeu de 2022, o Chelsea fez contato com o Barcelona para contratar o atacante Memphis Depay. A negociação tardia acabou não dando certo e o jogador holandês seguiu no Camp Nou até janeiro, quando se transferiu para o Atlético de Madrid.

Memphis Depay em ação pela seleção holandesa
O holandês Memphis Depay – Foto: ProShots / Icon Sport

Dani Olmo no Barcelona

No verão europeu de 2021, o Barcelona tentou, de última hora no mercado da bolaa, contratar o meia-atacante Dani Olmo, do RB Leipzig. O principal jogador do clube alemão, no entanto, foi considerado inegociável e os dirigentes do time não quiseram ouvir nenhuma proposta pelo atleta.

Dani Olmo, então, permaneceu no RB Leipzig, conquistou sua segunda Copa da Alemanha pelo clube e agora, no verão europeu de 2023, atrai interesse do Manchester City. Entretanto, mais uma vez, a diretoria do clube alemão barrou qualquer negociação pelo jogador espanhol.

Olmo RB Leipzig Manchester City
Dani Olmo em ação pelo RB Leipzig | Foto: Icon Sport
Romulo Giacomin
Romulo Giacomin

Formado em Jornalismo na UFOP, passou por Mais Minas, Esporte News Mundo e Estado de Minas. Atualmente, escreve para a Premier League Brasil.