‘Botão do pânico’? Sem contrato, De Gea pode voltar à La Liga com ‘última chance’ após deixar o United

4 minutos de leitura

Um das novelas que ficou sem um desfecho no mercado da bola foi a do goleiro David De Gea. Atuando no Manchester United desde 2011, o atleta tinha contrato até junho deste ano, mas não renovou seu vínculo com os Red Devils e ficou sem clube na pré-temporada.

Ele foi especulado no Bayern de Munique, mas a temporada das grandes ligas europeias começou sem que encontrasse um novo clube para chamar de seu. Agora, como agente livre no mercado, ele pode ingressar em um novo time mesmo após o fim da janela de transferências.

‘Botão do pânico’: De Gea pode voltar a time espanhol

De acordo com o site espanhol “Fichajes”, De Gea está na mira do Real Betis, o que está sendo encarado como a última oportunidade de ingressar em uma equipe no início desta temporada. O site inglês “Daily Star” aponta que o técnico Manuel Pellegrini está pronto para ativar o “botão do pânico”.

Isso porque o clube está passando por problemas embaixo das traves. O goleiro titular Claudio Bravo está lesionado. Rui Silva, seu substituto direto, saiu no intervalo do jogo contra o Barcelona, no último sábado (16), devido a uma distensão na virilha.

O terceiro goleiro Fran Vieites entrou em campo no lugar dele, mas a mídia espanhola tem dito que o Betis “não pode se dar ao luxo” de esperar por um novo arqueiro até janeiro. A partida se encerrou com uma goleada por 5 a 0 do Barça.

A ideia dos espanhóis é acionar De Gea ainda antes da partida contra o Rangers, pela Europa League, nesta quinta-feira (21). Ainda não há informações sobre o valor que será oferecido como salário para o ex-United.

Maria Tereza Santos
Maria Tereza Santos

Jornalista pela PUC-SP. Na PL Brasil, escrevo sobre futebol inglês masculino E feminino, filmes, saúde e outras aleatoriedades. Também gravo vídeos pras redes e escolhi o lado azul de Merseyside. Antes, fui editora na ESPN e repórter na Veja Saúde, Folha de S.Paulo e Superesportes.