David Neres deixa o Ajax após 5 anos e São Paulo recebe quantia inesperada

David Neres deixa o Ajax após 5 anos e São Paulo recebe quantia inesperada
Foto Destaque Divulgação; Globo Esporte/ Futmais

Primeiramente, nesta terça-feira (11) o Ajax aceitou o acordo para vender o brasileiro David Neres para o Shaktar Donetsk. Desde já, o clube ucraniano pagou 15 milhões de euros para tirá-lo da Holanda, segundo o jornalista Fabrizio Romano e confirmada pelo site Ge.

De antemão, o São Paulo também pode se animar com essa negociação, já que receberá 3% do valor da compra de seu ex-jogador. Portanto, devido ao mecanismo de solidariedade, o clube deve arrecadar 2.5 milhões de reais.

Dessa forma, a equipe de Amsterdã foi oportuna na venda de David Neres, sem correr o risco de perdê-lo de forma gratuita, com o fim do contrato. Agora, pode investir em Bergwijn, do Tottenham, utilizando aproximadamente a quantia recebida. Logo, o jogador jogou nas categorias de base do clube e voltaria a Eredivisie, o mesmo já disputou a competição anteriormente, quando jogava pelo grande rival, PSV.

David Neres no Ajax

À primeira vista, David encantou a todos em suas primeiras temporadas na Holanda e não é atoa, se tornou a 3ª maior venda da história do clube na época. Com isso, estreou da melhor forma, marcando na vitória do clássico contra o Feyenoord. Além disso, foi eleito o melhor jogador do primeiro turno da competição na temporada 2017/18, encerrando com oito gols e nove assistências.

Entretanto, após a chegada de seu compatriota brasileiro em 2020, Antony dos Santos, o ponta direita veio perdendo espaço no elenco. Em outras palavras, cada vez perdia mais a titularidade, como por exemplo, na temporada atual foi titular em apenas seis dos 22 jogos que disputou.

Em tese, o jogador de 24 anos não sai do clube de mãos vazias. Como resultado, venceu duas vezes o Campeonato Neerlandês e a Copa dos Países Baixos (2018/19 – 2020/21). Por fim, marcou 47 gols em 108 partidas após cinco anos no Ajax. Além de ser um dos destaques do time, que chegou à semifinal da Champions em 2019.