Treinador do Forest indica onde Danilo e Murillo ‘precisam melhorar bastante’

4 minutos de leitura

O Nottingham Forest é o time da Premier League com mais jogadores brasileiros no elenco (três) e dois deles vêm sendo titulares nas últimas rodadas. O zagueiro Murillo e o volante Danilo estão com moral com o técnico Nuno Espírito Santo e têm recebido chances.

O treinador português elogiou os dois brasileiros e pediu tempo para se adaptarem à Premier League. “Quando o jogador chega em uma liga tão difícil como é a Premier League, porque contra quem você compete tem um nível muito alto, você precisa de tempo”, disse à “ESPN”.

O volante ex-Palmeiras teve uma participação reduzida nos jogos do Forest sob comando do então técnico Steve Cooper. Tudo mudou para o brasileiro após a chegada de Nuno Espírito Santo em dezembro do ano passado e as saídas de Cheikhou Kouyaté e Ibrahima Sangér para a disputa da Copa Africana de Nações neste mês.

Com mais chances em campo, Danilo tem correspondido. Foi titular nas últimas cinco partidas e atuou em todos os minutos. Nuno Espírito detalhou as qualidades de Danilo em campo, mas ressaltou o que o meio-campista precisa evoluir.

É um jogador de muita capacidade para cobrir o campo, tem uma chegada boa à área. Há aspectos para melhorar no jogo. Velocidade na tomada de decisão precisa melhorar bastante, precisão nos passes também… Estamos a trabalhar e fazê-lo crescer.

Danilo e Murillo elogiados

O zagueiro Murillo é um dos bons nomes da campanha do Forest na Premier League. Desde que deixou o Corinthians e chegou à Inglaterra, é titular e referência defensiva do time. Na derrota para o Arsenal por 2 a 1, nesta terça-feira (30), teve papel importante e foi o xerife da zaga.

O ex-Corinthians tem se destacado no combate e também na construção de jogo, mas teve falhas na bola aérea. Questionado sobre o talento do zagueiro, o técnico português elogiou o defensor, mas também reforçou que o jogador precisa evoluir.

— Tem muita qualidade. É um zagueiro rápido, tem boa construção, mas há aspectos para melhorar também. Não podemos esquecer que o trabalho principal de um zagueiro é defender.

Pedro Ramos
Pedro Ramos

Subcoordenador na PL Brasil. Ex-Estadão e TNT Sports. Formado em Jornalismo e Sociologia.

E-mail: [email protected]