Daniel James: o começo animador da grande aposta do Manchester United

Jovem galês é a grande sensação dos Red Devils nesta temporada

Daniel James Manchester United Jan Kruger Collection Getty Images Sport
(Credit Jan Kruger Collection Getty Images Sport)

Uma aposta. Uma contratação nada badalada. Mas que aos poucos vai se firmando e ganhando o seu espaço em um dos principais elencos de toda a Premier League. Estamos falando do jovem galês Daniel James, do Manchester United. Contratado junto ao Swansea City por 15 milhões de euros, o meia-atacante vem sendo um dos principais pontos positivos do United neste início de temporada. 

Daniel James: o começo animador da grande aposta do Manchester United 

A equipe do técnico Ole Gunnar Solskjaer não tem jogado o seu melhor futebol. O treinador ainda busca dar uma identidade e um padrão tático para os Red Devils. Porém, algumas peças ainda não estão rendendo como o esperado.

A decisão do técnico dos Diabos Vermelhos em dar espaço para o jovem galês de 21 anos foi o ponto chave deste início de campanha. 

Os maiores laterais esquerdos da história da Premier League

Leia mais: 5 joias da base do Arsenal que já estão fazendo sucesso no time de cima 

Início de carreira 

Diferentemente de grandes revelações da Premier League, que iniciaram suas respectivas carreiras em clubes renomados e de extrema relevância na Inglaterra, Daniel James teve um começo mais “tímido”. 

O galês passou pelas categorias de base do Hull City e depois chegou à equipe sub-18 do Swansea City. No time do País de Gales, o jogador atuou em praticamente todas as categorias e disputou a Premier League 2, competição que envolve atletas sub-23. 

Porém, no início da temporada 2017/2018, o jogador foi contratado por empréstimo junto ao Shrewsbury Town. Mas a sua passagem na equipe da League One foi mais rápida do que o esperado. O clube o trouxe na abertura da janela, mas devolveu o jovem galês no final de agosto. 

De volta ao Swansea no mesmo ano, o atacante não teve muitos espaços no elenco principal. Ao todo ele atuou em apenas uma partida, na fase eliminatória da FA Cup e fez um gol. 

No entanto, tudo mudaria na temporada seguinte. Em 2018/2019, Daniel James foi promovido ao elenco principal do Swansea City. E desta vez, o galês conseguiu se firmar no plantel e logo se tornou um dos jogadores mais importantes do time. No geral, foram 38 jogos, cinco gols e dez assistências. 

O início “explosivo” de Daniel James no United 

No início desta temporada o Manchester United fez uma proposta de 15 milhões ao Swansea para contratar Daniel James. A equipe do País de Gales aceitou a proposta e vendeu o jogador para os Red Devils. O atacante chegou ao clube como uma aposta. Ele foi uma indicação da lenda dos Diabos Vermelhos, Ryan Giggs.

Leia mais: estádios de Manchester: os lugares que todo torcedor precisa visitar 

Mas logo em seu primeiro jogo, Daniel James mostrou o seu cartão de visitas. Gol na abertura da Premier League no clássico diante do Chelsea. A partir disso, tornou-se titular da equipe e marcou mais duas vezes diante de Southampton e Crystal Palace. 

Características técnicas e táticas 

Daniel James Manchester United Jan Kruger Collection Getty Images Sport
(Credit Jan Kruger Collection Getty Images Sport)

Daniel James é um jogador que atua pelos extremos do campo. O jovem pode jogar tanto pelo lado direito, quanto pelo esquerdo e a sua velocidade é um dos pontos chaves do seu jogo. E com a sua velocidade, o jogador consegue ser muito efetivo nas jogadas de 1×1, quebrando as linhas de marcação dos adversários. 

Quando joga pelo extremo direito, James consegue dar amplitude e profundidade ao ataque. Mas em algumas ocasiões, pode trabalhar por dentro, gerando vantagem numérica no setor de criação do Manchester United, além de abrir o corredor para explorar as subidas ao ataque de Wan-Bissaka

No lado esquerdo, posição em que ele se sente mais confortável (na última temporada pelo Swansea, das 38 partidas disputadas, 25 ele atuou como um extremo esquerdo), Daniel James pode aumentar ainda mais o seu repertório. 

Além de explorar o drible e a velocidade, o jovem galês tem a capacidade de fazer o movimento de dentro para fora com a bola dominada e ir em direção ao gol. Tanto que, dos seus quatro gols marcados na temporada (incluindo o jogo contra a Bielorrússia pelas eliminatórias da Euro 2020), três deles foram fazendo essa movimentação. 

Leia mais: o maior reforço para o Manchester City é manter Kevin De Bruyne saudável 

Daniel James é um jogador muito incisivo. Um extremo que ataca o espaço tanto com ou sem a bola. É um atleta que consegue trazer muita variação ao ataque, além de romper o sistema de marcação do adversário. 

Contra oponentes que jogam com a linha baixa, o galês tem o drible e a jogada no 1×1 para furar a defesa. Já em situações que o rival se comporta com a linha mais alta, ele pode atacar o espaço com a sua velocidade e ser fundamental na transição defesa/ataque. 

James é um jogador muito jovem e que ainda está em processo de formação. Por ainda não ter muitas experiências em ligas mais competitivas, é normal apresentar algumas oscilações. No entanto, o seu início é muito animador e ele pode ser muito útil ao elenco do Manchester United para os próximos anos.