Cristiano Ronaldo concede primeira entrevista no retorno ao Manchester United e manda recado para os torcedores

0
439
Manchester United
Foto: Divulgação/ Manchester United

De volta para casa! Cristiano Ronaldo está de volta ao Manchester United após 12 anos. Servindo a seleção de Portugal na data FIFA, CR7 concedeu sua primeira entrevista neste retorno aos Diabos Vermelhos.

Se sentindo em casa, nesta primeira entrevista exclusiva após a transferência, Ronaldo discute sua relação com os chefes que o trouxeram para o clube em 2003 e agora em 2021.

CR7 DE VOLTA AO MANCHESTER UNITED

Cristiano começou falando sobre como é estar de volta a Manchester.

“Bem, como você sabe, tenho uma história fantástica com este clube incrível. Eu estava lá aos 18 anos e é claro que estou muito feliz por estar de volta em casa depois de 12 anos. Estou muito feliz e ansioso para começar meu primeiro jogo”.

Na sequencia CR7 falou sobre a influencia que Sir Alex Ferguson teve para seu retorno aos Diabos Vermelhos.

“Como todos sabem, desde que assinei pelo Manchester [United] aos 18 anos, Sir Alex Ferguson foi a chave. Lembro-me de quando jogámos contra o Manchester quando estava no Sporting Lisboa. Para mim, Sir Alex Ferguson é como um pai no futebol para mim. Ele me ajudou muito, me ensinou muitas coisas, e na minha opinião é claro que ele teve um grande papel porque o relacionamento que a gente tinha, a gente fica em contato o tempo todo e ele é uma pessoa inacreditável. Eu realmente gosto muito dele e ele foi a principal chave para eu estar na posição que estou, que assinei pelo Manchester United”.

Dessa forma, Cristiano comentou sobre a decisão de retornar ao United e o momento de sua carreira.

“Acho que é a melhor decisão que tomei. Está certo na minha opinião. Mudei-me da Juve agora para Manchester, é um novo capítulo, estou muito feliz e contente, e quero continuar de novo, fazer história, tentar ajudar o Manchester a alcançar grandes resultados, ganhar troféus e o número um deles , para ganhar grandes coisas”.

PAPO COM SOLSLJAER

Ronaldo jogou junto com o treinador em sua primeira passagem pelo clube. Hoje, o norueguês irá comandar o português na beira do gramado. Dessa forma, revelou o bom relacionamento com Ole.

“Bom, batemos um papo, mas é claro que vou ter tempo de falar com ele cara a cara, para saber o que ele espera. Como você sabe, joguei com ele dois ou três anos no Manchester United, então tenho um bom relacionamento com ele, mas agora com uma função diferente, sou um jogador e ele é um treinador. Mas não interessa, a minha relação com ele é óptima e como já disse, estou lá em Manchester para ajudar a equipa a alcançar os seus resultados e o treinador pode contar comigo para o que quiser. Portanto, estou disponível para tudo”.

RECADO PARA A TORCIDA DOS DIABOS VERMELHOS

“Bem, a torcida é a chave do futebol. Agora, com todos os estádios cheios de torcida, não é mais o mesmo que tínhamos um ano atrás, aqueles estádios vazios. Os fãs são a chave, e estou muito feliz. Os torcedores do Manchester United são especiais, eu sei, me lembro muito bem. Sei que ainda cantam minha música o que me deixa ainda mais feliz e meu compromisso é dar tudo em campo, como eu fazia antes, como faço o tempo todo, e tento dar o meu melhor, ajudar o time a marcar. gols, fazer assistências, ganhar jogos e espero vê-los muito, muito em breve”.

Dessa maneira, foi a primeira entrevista de CR7 como jogador do Manchester United, o ídolo deve entrar em campo novamente com a camisa vermelha no sábado dia 11, contra o Newcastle, pela Premier League, em Old Trafford.