Coventry City – História, Mercado da Bola e Estatísticas

0
231
Coventry City
Foto Destaque: Reprodução/Seeklogo

Coventry City

Antes de mais nada, o Coventry City é um clube que leva o mesmo nome de sua cidade, que está situada na região das West Midlands, Inglaterra. Assim, o time foi fundado por Willie Stanley, em 1883. Primeiramente, foi batizado como Singers F.C, devido a empresa que seu criador trabalhava. No entanto, mudou para seu nome atual no ano de 1898.

Em síntese, o clube durante boa parte de sua história utilizou uniformes azuis. Por isso, ganhou a alcunha de Skyblues. Ao passo que, atualmente manda seus jogos no St Andrew's Stadium, casa do Birmingham, que possui capacidade para 30.079 espectadores. No entanto, a equipe já teve algumas outras casas no decorrer de sua história. Ademais, o time disputa a Championship nessa temporada.

Trajetória do Coventry City, fundação, conquistas e ascensão

Primeiramente, a equipe iniciou suas atividades jogando ligas locais na região de Birmingham. Todavia, o Coventry City foi aceito na Football League em 1919. Porém, essa sua primeira passagem pela elite não durou muitos anos. Em contrapartida, o time ensaiou uma ascensão na década de 30, mas foi atrapalhado pelo avanço da Segunda Guerra Mundial.

Assim, o clube só retornou a 1ª divisão em 1967. Em suma, rumores que a cidade de Coventry vivia um boom econômico devido a boa fase da indústria automotiva local. Dessa maneira, com o técnico Jimmy Hill no comando e uma grande reforma em seu estádio, os Skyblues chegaram a elite. Além do mais, ainda nessa década a equipe se classificaria para competições europeias. Alimentando rumores de negociações.

Certamente, a maior conquista da história do time ocorreu em 1986. Neste ano, os Skyblues bateram o Tottenham, em pleno Wembley, e se sagraram campeões da F.A Cup. Em resumo, o resultado final da partida foi 3 x 2 para o Coventry City.

Posteriormente, os Skyblues seriam figuras carimbadas nas primeiras edições da Premier League. Visto que o time participou das nove primeiras temporadas do torneio. Em contrapartida, após o rebaixamento na temporada 2000/01, o Coventry City nunca mais retornou a 1ª divisão inglesa. Atualmente, o clube está na Championship, e tem como treinador Mark Robins.

Mercado de Transferências do Coventry City

Em resumo, o Coventry City nunca foi uma potência financeira no futebol inglês. Por outro lado, a equipe conta com passagens marcantes de jogadores que obtiveram destaque, principalmente nos anos 90. Veja as principais negociações nos rumores do mercado de transferências.

Craig Bellamy do Norwich City por 9.25 mi € em 2000

Decerto, a contração que mais movimentou o mercado da bola como mais cara da história do clube. Assim, o galês Craig Bellamy foi comprado do Norwich City em 2000. Em suma, foram 35 partidas pelos Skyblues, com seis gols marcados. Posteriormente, Bellamy teve uma passagem de destaque pelo Liverpool.

Robbie Keane do Wolverhampton por 9.00 mi € em 1999

Inegavelmente, um dos jogadores mais famosos a vestir a camisa da equipe. O irlandês Robbie Keane chegou ao Coventry no fim da década de 90. Neste meio tempo, o atacante marcou 12 gols em 31 partidas. Baixo custo-benefício no mercado da bola.

Lee Hughes do West Brom por 7.50 mi € em 2002

Ademais, em 2002 a equipe anunciou a contratação de centroavante Lee Hughes no mercado da bola. Inegavelmente, o atleta foi uma figura marcante do início da era Premier Leage, seja pela passagem em vários clubes ou pelas polêmicas. Em suma, fez 15 gols em 40 aparições no time.

Mustafa Hadji do Deportivo La Corunã por 6.00 mi € em 2000

O franco-argelino Musta Hadji chegou no clube em 2000. Assim, o jogador teve destaque com a camisa dos Skyblues. Em resumo, foram 62 jogos e 12 gols marcados em sua passagem pelo Coventry City, com baixas cifras no mercado da bola.

David Thompson do Liverpool por 4.5 mi € em 2000

Por fim, fechando as movimentações no mercado de transferências. A saber, o meia David Thompson foi formado na base do Liverpool. No entanto, o Coventry comprou o jogador no mercado da bola em 2000. Assim, o atleta fez 15 gols ao longo de 67 partidas pela equipe.