Copa do Mundo feminina 2023: conheça a seleção da Noruega

4 minutos de leitura

Norway

Norway

A seleção da Noruega vai disputar a Copa do Mundo feminina 2023 como uma das candidatas ao título, sendo o segundo de sua história. O Mundial será disputado na Austrália e Nova Zelândia entre os dias 20 de julho e 20 de agosto. A Noruega está no Grupo A, com Nova Zelândia, Filipinas e Suíça.

Campeã da Copa do Mundo feminina em 1995 e olímpico em Sydney 2000, a seleção norueguesa chega em um momento abaixo das expectativas. Mas busca surpreender na competição e conquistar o bicampeonato. O desempenho na Eurocopa foi aquém e a equipe não passou da fase de grupos. No entanto, Ada Hegerberg retorna ao time depois de ficar fora do último Mundial, sendo um reforço fundamental na briga para o país retomar o protagonismo.

Confira as convocadas da seleção norueguesa feminina para a Copa do Mundo feminina 2023

Goleiras

  • Cecilie Fiskerstrand (LSK Kvinner)
  • Aurora Mikalsen (Brann)
  • Guro Pettersen (Valerenga)

Defensoras

  • Maren Mjelde (Chelsea)
  • Anja Sonstevold (Inter de Milão)
  • Tuva Hansen (Bayern de Munique)
  • Guro Bergsvand (Brighton)
  • Mathilde Harviken (Rosenborg)
  • Marit Lund (Brann)
  • Sara Horte (Rosenborg)

Meio-campistas

  • Guro Reiten (Chelsea)
  • Frida Maanum (Arsenal)
  • Vilde Rise (Manchester United)
  • Ingrid Engen (Barcelona)
  • Amalie Eikeland (Reading)
  • Julie Blakstad (Manchester City)
  • Thea Bjelde (Valerenga)

Atacantes

  • Carolina Graham Hansen (Barcelona)
  • Emilie Haavi (Roma)
  • Ada Hegerberg (Lyon)
  • Karina Saevik (Avaldsnes)
  • Sophie Haug (Roma)
  • Anna Josendal (Rosenborg)

Provável escalação da Noruega na Copa do Mundo Feminina:

Escalação da Noruega: Mikalsen; Mjelde, Harviken, Hansen e Lund; Rise e Engen; Haavi, Maanum e Reiten; Hegerberg. Técnica: Hege Riise.

Últimos 5 jogos da seleção norueguesa

Jogadoras com mais partidas pela Noruega

  • Hege Riise – 188 jogos entre 1990 e 2004
  • Solveig Ingersdatter Gulbrandsen – 183 jogos entre 1998 e 2015
  • Bente Dalum Nordby – 172 jogos entre 1991 e 2007
  • Maren Mjelde – 165 jogos entre 2007 e 2023
  • Trine Aaltvedt-Ronning – 162 jogos entre 1999 e 2016

Maiores goleadoras da seleção norueguesa

  • Isabell Lehn Herlovsen – 67 gols em 133 partidas entre 2005 e 2019
  • Marianne Iren Pettersen – 66 gols em 98 partidas entre 1994 e 2003
  • Linda Medalen – 64 gols em 152 partidas entre 1987 e 1999
  • Ann Kristin Aarones – 60 gols em 111 partidas entre 1990 e 1999
  • Hege Riise – 58 gols em 188 partidas entre 1990 e 2004

Títulos da seleção norueguesa feminina

  • 1x Copa do Mundo 1995
  • 1x Ouro Olímpico 2000
  • 2x Eurocopa 1987 e 1993

Seleção norueguesa masculina

A seleção norueguesa masculina não conta com o mesmo nível histórico dos vizinhos da Escandinávia, como a Suécia e Dinamarca. Mas a equipe nacional conseguiu uma era gloriosa nos anos 1930 e vem revelando grandes jogadores. Além disso, é uma das poucas equipes que nunca perdeu para o Brasil, sendo duas vitórias e dois empates.

A Noruega esteve presente em apenas três edições da Copa do Mundo, além de uma participação na Eurocopa. Mas a grande conquista veio em 1936, quando a seleção ficou com o bronze nos Jogos Olímpicos, que foram realizados em Berlim.

Comandados por Odegaard e Haaland, a seleção norueguesa busca retornar ao cenário internacional do futebol com uma geração promissora. Os dois jovens jogadores vêm sendo um dos destaques da Premier League e líderes dentro de campo.

História da Noruega em Copas

A participação da Noruega em Copas é considerada discreta. A seleção participou de três edições e avançou para a segunda fase em uma oportunidade, sendo a melhor campanha do país no Mundial.

A primeira aparição da seleção norueguesa na competição foi em 1938, no Mundial da França. O desempenho foi aquém, principalmente após a conquista do bronze nos Jogos Olímpicos. Mas o país foi eliminado ainda na primeira fase. Assim como em 1994, nos Estados Unidos, quando os noruegueses repetiram a campanha em sua segunda participação.

Diferente do longo intervalo entre a primeira e a segunda participação, a Noruega garantiu a vaga para a edição seguinte da Copa do Mundo. A equipe participou do Mundial de 1998 na França, onde conseguiu a melhor campanha. Com uma vitória contra o Brasil e dois empates, ficou em segundo lugar do Grupo A. Mas a seleção foi eliminada nas oitavas de final ao perder para a Itália por 1 a 0, com gol de Christian Vieri.

Top 5 maiores ídolos da seleção norueguesa

A seleção norueguesa costuma ser discreta no cenário mundial. Mas no decorrer da história, o país revelou grandes craques do futebol e que foram marcantes com a camisa da Noruega e pelos clubes que defenderam na carreira.

Ole Gunnar Solskjaer

A carreira do ex-jogador e treinador com a camisa da Noruega é discreta, com 67 jogos e 23 gols, porém esteve presente no elenco do Mundial de 1998. Mas a passagem pelo Manchester United deixou o ex-meia como um dos ídolos do clube. Era considerado um atleta completo tecnicamente, com ótimo chute de ambas as pernas, velocidade e habilidade.

Jorgen Juve

Considerado um dos primeiros craques do futebol norueguês, foi uma peça fundamental na era dourado do país no futebol. Revelado no Lyn Oslo, é o maior artilheiro da seleção, com 33 gols em 45 jogos. Com a camisa da Noruega, foi o capitão na campanha da conquista do bronze nos Jogos Olímpicos de 1936.

John Arne Semundseth Riise

Com passagem por clubes como Monaco, Fulham, Liverpool e Roma, era conhecido pela raça demonstrada nos jogos e ótimos chutes com a perna esquerda, sendo comparado com Roberto Carlos. O lateral-direito conquistou a confiança dos torcedores por onde passou. Somando 110 partidas oficiais, é o atleta que mais defendeu a Noruega.

Tore André Flo

O atacante contava com uma caraterística diferente dos centroavantes altos. Mesmo com os 1,93m, demonstrava boa habilidade, velocidade e excelente finalizações com os dois pés. Durante as 76 partidas com a camisa da Noruega, marcou 23 gols, sendo três contra o Brasil. Além disso, enfrentou a seleção brasileira duas vezes e venceu ambos, incluindo o confronto na fase de grupos da Copa do Mundo 1998.

Morten Gamst Pedersen

Conhecido como uma grande passador, o ex-meia era um especialista em bola parada. Revelado no Tromso, ganhou destaque no cenário mundial com a camisa do Blackburn, onde disputou quase 300 partidas e marcou 38 gols. Pela Noruega, soma 83 partidas, sendo o nono jogador que mais defendeu a seleção.

Maiores artilheiros da seleção norueguesa masculina

  • 33 gols – Jorgen Juve
  • 26 gols – Einar Gundersen
  • 25 gols – Harald Ove Hennum
  • 24 gols – John Alieu Carew
  • 23 gols – Tore Andre Flo/Ole Gunnar Solskjaer

Jogadores com mais partidas pela seleção norueguesa masculina

  • John Arne Semundseth Riise – 110 jogos
  • Ole Thorbjorn Svenssen – 104 jogos
  • Henning Stille Berg – 100 jogos

Títulos da seleção norueguesa masculina

  • Bronze Jogos Olímpicos (1936)
Gabriel Lemes
Gabriel Lemes

Me formei em Jornalismo pela Univap em 2019 e sou redator da PL Brasil. Já escrevi para o Quinto Quarto, Minha Torcida, Futebol na Veia e Portal Famosos.