Copa do Mundo Feminina 2023: conheça a seleção da Suíça

3 minutos de leitura

Suíça (F)

Suíça (F)

A seleção da Suíça disputará a Copa do Mundo feminina 2023 pela segunda vez na história, sendo a primeira participação apenas na edição de 2015, no Canadá. O Mundial será disputado entre os dias 20 de julho e 20 de agosto, na Austrália e Nova Zelândia. A Suíça está no grupo A, com Noruega, Nova Zelândia e Filipinas.

Para chegar até a Copa do Mundo, a Suíça avançou na 2ª posição das eliminatórias, em um grupo que contava com a Itália, que terminou na liderança, além de Romênia, Croácia, Lituânia e Moldávia. Já na segunda fase, passou pela Croácia, Moldávia e País Gales. Por fim, em uma série de amistosos antes do mundial, as suíças ainda não venceram. Foram seis confrontos, sendo cinco empates e uma derrota.

Confira as convocadas da seleção suíça para a Copa do Mundo feminina 2023

Goleiras

  • Gaëlle Thalmanna (Betis-ESP)
  • Seraina Friedli (Zürich-SUI)
  • Livia Peng (Levante-ESP)

Defensoras

  • Noelle Maritz (Arsenal-ING)
  • Esosa Algbogun (Paris-FRA)
  • Viola Calligaris (Levante)
  • Luana Bühler (Hoffenheim-ALE)
  • Julia Stierli (Zurich-SUI)
  • Lara Marti (Bayer Leverkusen-ALE)
  • Nadine Riesen (Zurich-SUI)
  • Laura Felber (Servette-SUI)

Meio-campistas

  • Lia Wälti (Arsenal-ING)
  • Géraldine Reuteler (Eintracht Frankfurt-ALE)
  • Coumba Sow (Servette-SUI)
  • Sandrine Mauron (Servette-SUI)
  • Seraina Plubel (Zurich-SUI)
  • Marion Rey (Zurich)
  • Iman Beney (Young Boys-SUI)

Atacantes

  • Ana Crnogorcevic (Barcelona)
  • Ramona Bachmann (PSG)
  • Fabienne Humm (Zurich)a)
  • Alisha Lehmann (Aston Villa)
  • Jéssica Silva (Benfica)
  • Meriame Terchoun (Dijon)

Últimos 5 jogos da seleção suíça

Títulos da seleção suíça feminina

Sem títulos

Seleção suíça masculina

Histórico da Seleção Suíça

A seleção suíça possui uma história interessante. Apesar de não ser um país com grande tradição no futebol, a Suíça sempre se destacou por revelar bons jogadores. Isso porque os suíços contam com boas campanhas na Eurocopa. Na Euro de 2020, a equipe suíça fez história. O time comandado por Murat Yakin eliminou a França, a atual campeã do mundo, nas oitavas de final da competição.

Entretanto, a Suíça acabou sendo eliminada para a Espanha nas quartas de final após um empate em 1 a 1 no tempo normal, perdendo em decisão nos pênaltis. Porém, os jogadores suíços foram recebidos pelo torcedor, com muito orgulho e carinho pela grande campanha na Eurocopa

História da Suíça em Copas

A Suíça participou pela 13ª vez da Copa do Mundo, no Catar. A primeira participação da seleção suíça foi em 1934, no Mundial realizado na Itália. As melhores participações da seleção da Suíça foram nas Copas de 1934, 1938 e 1954 quando os suíços chegaram às quartas de final.

A Suíça conta com uma curiosidade interessante. Na Copa do Mundo de 2006, a seleção não sofreu nenhum gol durante o tempo regulamentar das partidas da fase de grupos.

Os 5 maiores ídolos da Seleção Suíça

A seleção suíça conta com grandes ídolos em sua história. Desde a Copa do Mundo de 1934 até os dias atuais, os craques suíços encantam o mundo do futebol com seus grandes ídolos. Apesar do país nunca ter conquistado nenhum título, o futebol suíço segue produzindo bons jogadores. Confira os cinco maiores ídolos da história da Suíça.

Alexander Frei

Em primeiro lugar, Alexander Frei pode ser considerado um dos maiores ídolos da história da Suíça. O ex-jogador disputou a Eurocopa de 2004 e a Copa do Mundo de 2006 pela seleção da Suíça. Ao todo, o centroavante disputou 84 jogos pela equipe, marcando 42 gols. O atacante é o maior artilheiro da história da seleção suíça.

Shaqiri

Outro grande ídolo da Suíça é o meio-campista Shaqiri. O jogador disputou as Copas de 2010, 2014 e 2018. Nos dois últimos Mundiais, o craque suíço foi a principal referência da equipe. Por fim, o atleta possui 106 jogos pela La Nati, marcando 26 gols e distribuindo 29 assistências.

Max Abegglen

Max Abegglen foi o primeiro grande craque da seleção suíça. Ele foi um atacante goleador, tendo grandes atuações nas Olímpiadas de 1924 e na Copa do Mundo de 1934. Além disso, o centroavante é o terceiro maior artilheiro da história da Suíça, com 68 gols marcados.

Josef Hugi

Josef Hugi também é considerado um ídolo da seleção suíça. O atacante atuou pelo país entre 1951 e 1960, marcando 22 gols. Na Copa do Mundo de 1954, que foi disputada na Suíça, o jogador balançou a rede seis vezes.

Heinz Hermann

Por fim, Heinz Hermann é o atleta que mais vestiu a camisa da Suíça. Ao todo, o meia entrou em campo 118 vezes, marcando 15 gols pela equipe. Ele também é considerado um grande ídolo do país.

Maiores artilheiros da Seleção Suíça

  • 42 gols – Alexander Frei
  • 34 gols – Türkyilmaz
  • 34 gols – Max Abegglen
  • 29 gols – Trello Abegglen
  • 29 gols – Jacques Fatton

Jogadores com mais jogos pela Seleção Suíça

  • Heinz Hermann – 118 jogos
  • Alain Geiger – 112 jogos
  • Lichtsteiner – 108 jogos
  • Shaqiri – 106 jogos
  • Xhaka – 104 jogos

Títulos da Seleção Suíça

  • Copa do Mundo – quartas de final (1934, 1938 e 1954)
Vitor Rizzatti
Vitor Rizzatti

Antes de tudo, sou um grande admirador do futebol europeu e brasileiro. Desde o ano de 2021, venho criando conteúdo relacionado ao mundo do futebol e das apostas. Atualmente, atuo como tipster e especialista em prognósticos para a PL Brasil. Além disso, já contribuí para os sites do Futebol na Veia e Minha Torcida.