Copa da Liga deve ter grandes mudanças na próxima temporada e impactar clubes da Premier League

4 minutos de leitura

A Copa da Liga Inglesa passará por uma grande mudança nas regras a partir da próxima temporada. A Carabao Cup, vencida pelo Manchester United em 2022/23, é a terceira competição nacional em nível de importância na Inglaterra. Por isso, muitos clubes a veem como uma forma de rodar o elenco e dar um descanso para os jogadores titulares.

Porém, à medida que a competição afunila, os treinadores começam a deslumbrar a ideia de conquistar um troféu no meio da temporada e as estrelas começam a surgir. No entanto, é provável que demore menos para que os titulares comecem a jogar na competição.

Isso porque a Copa da Liga Inglesa está prestes a eliminar as semifinais com jogos de ida e volta, após 63 anos disputando o torneio dessa maneira, e implementar apenas o jogo único. De acordo com o jornal britânico “Daily Mail”, a English Football League (EFL), organizadora do torneio, fará a mudança ainda nesta temporada, caso os clubes da Premier League assinarem um novo pacote de financiamento de 900 milhões de libras ao longo de seis anos.

Muitos presidentes dos clubes da Premier League esperavam ansiosamente para que as semifinais fossem de apenas um jogo para aliviar o congestionamento. Porém, a EFL queria manter a competição em seu formato original, já que a Copa da Liga Inglesa representa um terço de seu contrato de televisão com a emissora britânica “Sky Sports”.

Entretanto, a emissora fechou um acordo de 935 milhões de libras com uma cláusula que impede a EFL de ser penalizada financeiramente por desfazer de um dos jogos das semifinais da Copa da Liga Inglesa.

Este dinheiro, mais o financiamento da Premier League, levou agora a EFL a avançar para uma semifinal em jogo único. Ainda é preciso acertar os detalhes da decisão, com o jogo único possivelmente sendo feito em estádio neutro.

A EFL tem negociado com a Premier League sobre um “New Deal for Football” (Novo Acordo para o Futebol) desde 2020, que prevê um novo pacote que faria com que os clubes de divisões menores recebessem 14,75% das receitas de transmissão a partir da próxima temporada.

Premier League
A logo da Premier League (Foto: Icon Sport)

Calendário inglês ainda gera preocupação

O acordo histórico também faria com que os clubes da Premier League se comprometessem a jogar com seus times titulares nas fases iniciais da Copa da Liga Inglesa, em vez de tratá-la como uma competição secundária (ou terciária).

Entretanto, a preocupação dos clubes da Premier League é em relação ao calendário, que ficará ainda mais apertado a partir da próxima temporada com a expansão da Champions League, que contará com mais quatro jogos para cada clube na fase de grupos.

A Federação Inglesa de Futebol (FA) também esteve envolvida nas negociações e sinalizou sua vontade de ajudar a aliviar o calendário congestionado, eliminando os jogos de volta na terceira e quarta rodada da Copa da Inglaterra.

Romulo Giacomin
Romulo Giacomin

Formado em Jornalismo na UFOP, passou por Mais Minas, Esporte News Mundo e Estado de Minas. Atualmente, escreve para a Premier League Brasil.