Copa América: 5 jovens bons, baratos e que combinam com a Premier League

6 minutos de leitura

A Copa América caminha para o fim da fase decisiva das quartas de final. Muitos jogadores já deixaram a competição por não conseguirem se classificar e grande parte deles são jovens, com perspectiva de estourar no futuro.

Enquanto isso, os clubes da Premier League seguem monitorando o mercado sul-americano, já que está aberta a janela de verão europeu. A Copa América, disputada nos Estados Unidos, é uma grande vitrine para os jovens atletas mostrarem o seu potencial.

Pensando nisso, a PL Brasil separou cinco nomes baratos que disputam ou disputaram a Copa América e que combinam com a Premier League. Confira:

Darío Osorio

Darío Osorio pelo Chile na Copa América
Darío Osorio pelo Chile na Copa América (Foto: Icon Sport)

Daíro Osório, de 19 anos, deixou a Universidad do Chile para jogar no Midtjylland, da Dinamarca, no ano passado e logo chamou a atenção dos principais clubes europeus. O ponta-direita de 1,84 metro de altura marcou nove gols e distribuiu duas assistências em 25 jogos na sua primeira temporada na Europa.

O jovem que disputou a Copa América pelo Chile é um ponta técnico, driblador e de muita agilidade. Ele atua geralmente pela direita, mas também pode jogar como um camisa 10 ou até pela ponta-esquerda. A finalização de longa distância é uma de suas principais qualidades.

De acordo com o jornal “La Tercera”, Osorio é alvo do Liverpool e é avaliado em 5 milhões de euros (R$ 31 milhões).

César Huerta

César Huerta pelo México
César Huerta pelo México (Foto: Icon Sport)

Conhecido como “El Chino”, Huerta é um jovem que começou nas categorias de base do Chivas Guadalajara, em 2015, e após passar por empréstimos, encontrou seu espaço no Pumas, onde teve sua melhor temporada em 2023/24, somando 12 gols e 10 assistências em 40 jogos.

Aos 23 anos, o jovem que disputou a Copa América pelo México se destaca pela técnica e habilidade em dribles, porém tem dificuldades na bola alta devido à sua estatura: 1,72 metro.

O ponta é alvo do Porto e de clubes da Grécia. Segundo o portal “Domino de Bola”, seu valor de mercado é de 8 milhões de euros (R$ 49,6 milhões).

Miguelito

Miguelito Santos
Miguelito em ação pelo Santos (Foto: Ivan Storti/Santos FC)

O jovem boliviano, de 20 anos, joga no Santos e defendeu a Bolívia na Copa América. Ele marcou quatro gols e deu quatro assistências em seis jogos na Copa São Paulo de Futebol Júnior, mas problemas extracampo têm impedido que ele tenha mais minutos no time principal.

Pela seleção boliviana ele tem 11 partidas e um gol. Seu valor de mercado ronda 500 mil euros (R$ 3 milhões).

Yaser Asprilla

Yaser Asprilla pela Colômbia
Yaser Asprilla pela Colômbia (Foto: Icon Sport)

Meia-atacante de 20 anos, é uma das promessas do futebol colombiano. Começou a carreira no Envigado e, em 2022, se transferiu para o Watford, da Championship (segunda divisão inglesa). Foi convocado pela primeira vez em 2022 e, em quatro jogos pela seleção, já marcou dois gols. Pelo clube inglês, ele balançou as redes sete vezes e deu 10 passes para gol em 86 partidas.

Leicester, Arsenal e Manchester United demonstraram interesse no jogador, que é avaliado entre 10 e 12 milhões de euros (R$ 62 a 74,5 milhões).

Valentín Carboni

Valentín Carboni pelo Monza
Valentín Carboni pelo Monza (Foto: Icon Sport)

Com apenas 19 anos, o meia já foi elogiado por Lionel Messi e está com moral na seleção argentina. Cria do Lanús e com passagem pelo Catânia, ele pertence à Inter de Milão. Na última temporada, Carboni estava emprestado ao Monza, por quem marcou dois gols e deu quatro assistências em 34 jogos.

A joia que disputa a Copa América pela Argentina é avaliado em cerca de 20 milhões de euros (R$ 124,2 milhões).

Romulo Giacomin
Romulo Giacomin

Formado em Jornalismo na UFOP, passou por Mais Minas, Esporte News Mundo e Estado de Minas. Atualmente, escreve para a Premier League Brasil.