Conte revela que quase levou craque do Liverpool ao Chelsea e abre o jogo sobre polêmicas no Tottenham

5 minutos de leitura

Antonio Conte está sem clube desde março de 2023, quando deixou o Tottenham após uma temporada conturbada. Desde então, o comandante pouco falou. Ele quebrou o silêncio nesta quarta-feira (14), em entrevista ao “The Telegraph”, para sobre sua polêmica passagem pela Premier League.

Conte abriu as portas de sua casa e de seu coração para a reportagem. No período que está desempregado, o técnico recebeu sondagens da seleção italiana e do mercado saudita, mas declinou em busca de um retorno a uma das grandes ligas europeias.

Conte teve passagem frustrante pelo Tottenham

Antonio Conte ficou no Tottenham por duas temporadas. Ele foi mais uma aposta da direção para finalizar o incômodo de jejum de títulos do clube, mas não conseguiu. O primeiro ano foi positivo, já que o italiano assumiu o time no meio da tabela e levou à Champions League, mas isso não o satisfez.

O técnico relembrou quando comemorou a classificação à Champions, na última rodada, contra o Norwich, em 2021/22. Segundo Conte, aquela situação foi estranha para sua carreira e o gerou um sentimento de decepção.

— Para mim, comemorar o quarto lugar e uma vaga na Champions foi muito estranho. No final da última partida contra o Norwich, liguei para minha equipe e disse ‘preste atenção, não se acostume a comemorar uma vaga na Champions'. Fui muito claro. Eu disse que fizemos o máximo. Do nono para o quarto lugar, com todos os problemas que enfrentamos, foi um milagre. Mas não comemoramos como se fosse um milagre porque estou acostumado a vencer.

Antonio Conte pelo Tottenham

  • 76 jogos
  • 41 vitórias
  • 23 derrotas
  • 12 empates

Último ano de Conte no Tottenham foi caótico

A última temporada de Conte pelo Tottenham foi marcada por derrotas doloridas e declarações marcantes em coletivas. O treinador chegou a reclamar publicamente dos jogadores. O italiano sabe que suas falas geraram descontentamento no elenco, mas reforçou preferir sempre a honestidade.

— Sei muito bem que quando você tem essas conversas honestas com os jogadores, no primeiro momento eles podem ficar um pouco irritados. Então, pela minha experiência, o tempo ajuda o jogador a valorizar você. Eles ficaram com raiva, mas apreciaram a honestidade (…) Honestamente, não me arrependo de nada disso. Mas tenho bons sentimentos em relação ao Tottenham. Guardo essa experiência no meu coração.

O Tottenham viveu um fim de temporada melancólico e terminou em oitavo lugar na Premier League, já sem Antonio Conte. A equipe sequer se classificou às competições europeias.

Antonio Conte e Richarlison estiveram juntos no Tottenham - Foto: Icon Sports
Antonio Conte e Richarlison estiveram juntos no Tottenham (Foto: Icon Sports)

Van Dijk no Chelsea? Quase aconteceu

Antonio Conte não levantou taças no Tottenham, mas conseguiu isso em outro time de Londres, o Chelsea. Lá, o comandante venceu a Premier League e a Copa da Inglaterra. O técnico relembra com carinho a passagem por Stamford Bridge, entre 2016 e 2018, e conta como o time poderia ter ficado ainda mais forte.

— Minha história diz que sempre cheguei aos meus clubes numa situação difícil e com problemas. Eu sempre construo. Depois da minha primeira temporada no Chelsea, quando conquistamos o título, poderíamos ter nos tornado dominantes na Inglaterra. Conversamos com (Romelu) Lukaku e (Virgil) van Dijk. Com esses dois jogadores importantes poderíamos ter mudado a situação.

Lucas Barbosa
Lucas Barbosa

Redator da PL Brasil. Foi por meio da Premier League, na tela do antigo Esporte Interativo, em 2007, que o Jornalismo entrou na minha vida. Duas paixões que abriram portas e me fazem realizar sonhos todos os dias. Passei pelos portais Mais Minas e Esporte News Mundo.