Antonio Conte quebra silêncio sobre saída do Tottenham

3 minutos de leitura

O Tottenham começou a semana com mudanças internas. O técnico Antonio Conte foi demitido depois de uma sequência de entrevistas coletivas polêmicas e eliminações em competições de mata-mata. O clube anunciou oficialmente no domingo (26).

Em nota publicada nas redes sociais, os Spurs agradeceram pelo trabalho do italiano. Ele havia sido apontado em novembro de 2021 e deixou o clube com 59% de aproveitamento e sem nenhum título. Cristian Stellini, então auxiliar de Conte, assumirá a equipe até o final da temporada.

Horas depois do anúncio da demissão, o comandante italiano se pronunciou. Usando as redes sociais, Conte publicou fotos e um texto falando sobre a sua passagem no clube londrino.

Leia mais:

Tottenham: era Conte bateu recorde com gasto bilionário

Premier League: Tottenham quer contratar ‘craque’ de candidato a rebaixamento

Conte fala sobre o Tottenham

Antonio Conte, treinador do Tottenham - Foto: Twitter @SpursOfficial
Antonio Conte, em treino do Tottenham – Foto: Twitter @SpursOfficial

O treinador agradeceu ao Tottenham e aos seus torcedores após deixar o clube por consentimento mútuo no domingo à noite. Ele tinha contrato até o final da temporada e uma opção de estender o vínculo por mais 12 meses.

O futebol é paixão. Gostaria de agradecer profundamente a todos no Spurs que apreciaram e compartilharam minha paixão e minha maneira intensa de viver o futebol como treinador – começou o italiano.

O jeito intenso dividia opiniões no Tottenham. Em seus últimos momentos, Conte não escondia sua insatisfação com a equipe e com o clube em um nível que criticava abertamente elenco e instituição.

A situação não caiu bem internamente. Somado a isso, o treinador também já havia comentado sobre a saudade de seu país natal. Inclusive, estava na Itália durante a Data Fifa e deixou a equipe ser comandada por Ryan Mason, seu auxiliar, neste período.

Um pensamento especial aos fãs que sempre me mostraram apoio e apreço, foi inesquecível ouvi-los cantando meu nome. Nossa jornada juntos chegou ao fim, desejo a todos vocês o melhor para o futuro – disse Conte.

A saída do comandante movimenta os bastidores do Tottenham. O presidente, Daniel Levy, quer mostrar um projeto ambicioso para Harry Kane, na tentativa de mantê-lo no clube ao menos até o fim de seu contrato – no final da próxima temporada.

Entende-se que Julian Nagelsmann, demitido recentemente do Bayern de Munique, é o principal candidato ao cargo. Ele era o alvo central de Levy em 2021, mas preferiu os bávaros na época.

Guilherme Ramos
Guilherme Ramos

Jornalista pela UNESP. Escrevi um livro sobre tática no futebol e sou repórter da PL Brasil. Já passei por Total Football Analysis, Esporte News Mundo, Jumper Brasil e TechTudo.

Contato: [email protected]