Conheça os uniformes mais bonitos da Copa do Mundo 2022

1 minuto de leitura

Em clima de Copa do Mundo 2022, resolvermos trazer alguns dos uniformes mais bonitos das Seleções participantes desta edição. Você também pode conferir os uniformes mais feios da Copa do Mundo 2022, mas primeiro, confira abaixo as camisas mais bonitas.

Brasil

Camisas da Seleção Brasileira 2022-2023 Nike
Foto: Divulgação/Nike

Para iniciar esta lista nada melhor do que o nosso manto verde e amarelo. A Nike acertou em cada detalhe deste uniforme. Os destaque para os desenhos singelos da onça-pintada por toda a camisa amarela e na azul, fazendo um degrade na manga. O uniforme também que  remete o significado da “Garra Brasileira”.

Argentina

Camisa titular da Argentina para a Copa do Mundo 2022 é lançada pela Adida
Foto: Divulgação/Adidas

Infelizmente não tem como não falar do uniforme da Argentina. A Adidas também mandou muito bem na camisa principal do nosso rival. Alguns podem achar que não tem nada de mais por ser bem tradicional da Seleção Argentina, mas este modelo traz um toque de modernidade e um conceito de inovação.

Espanha

Imagem
Foto: Divulgação/Adidas

Outra camisa tradicional, mas também que inovou nos detalhes, foi a Espanha. A Adidas também conseguiu remeter o uniforme tradicional espanhol, mas com um toque de inovação.

Alemanha

Foto: Divulgação/Adidas

Já a Alemanha inovou completamente no segundo uniforme, mas não deixou a beleza de lado. Se reparar bem, os tons de bordô forma um desenho que remete ao D, letra inicial do nome do país.

Japão

Foto: Divulgação/Adidas

Mais uma vez damos destaque para a um uniforme da Adidas. Novamente a patrocinadora acertou na camisa do Japão ao trazer no manto desenhos que remetam ao origami, tradição muito forte no país.

Em suma, é interessante entender se aquele uniforme, por mais que seja bonito ou não, passa alguma mensagem ou característica do país em que ela pertence. Como o Japão e até o próprio Brasil. Os patrocinadores dessas seleções souberam estudar a cultura do país e levar uma característica própria deles para a camisa.

Foto: Reprodução/TV Globo

Carolina Castro
Carolina Castro

Tenho 25 anos e sou formada em jornalismo. Desde criança desenvolvi o gosto por esporte e por isso escolhi ser jornalista. Foi a profissão que me deixou mais próxima daquilo que mais amo: falar e escrever sobre esporte.