Como Fabian Delph pode agregar ao Everton?

Jogador deixou o Manchester City para reforçar os Toffees

0
394
Como Fabian Delph pode agregar ao Everton?

Fabian Delph foi anunciado nesta segunda-feira como novo jogador do Everton. O versátil atleta de 29 anos se torna a terceira contratação do time de Liverpool para a temporada 2019/20 – se juntando ao meia André Gomes e ao goleiro Jonas Lossl.

Delph foge um pouco das características de contratação do diretor esportivo Marcel Brands. O holandês fez sucesso na Eredivisie ao trazer jogadores jovens e com margem de potencial elevada. Esse objetivo claramente não será alcançado com o lateral-meia inglês.

Apesar disso, existem pontos onde Delph pode agregar ao Everton e se tornar assim uma peça importante para o time de Marco Silva.

Experiência internacional

O ex-jogador do Manchester City atualmente representa a seleção inglesa e isso é um grande acréscimo ao Everton. Ter um jogador acostumado a disputar grandes jogos, com os melhores jogadores do mundo agrega bastante ao vestiário e de fato esse foi um dos motivos pelo qual Marco Silva trouxe o atleta.

Fabian Delph em ação pela Inglaterra. (Foto: PA)

Ele acumula 20 jogos pela seleção inglesa e fez sua estreia em 2014. Delph fez parte do grupo que foi semifinalista na Copa do Mundo de 2018.

Participação em títulos 

Em quatro temporadas atuando pelo Manchester City, Delph se tornou acostumado a levantar taças e a participar de um grupo vitorioso. Esse é um fator extremamente importante a ser adicionado ao Everton, que vive em um momento de grande escassez no que se refere a troféus.

Delph comemorou muitos títulos pelo Manchester City e quer levar essa experiência ao vestiário do Everton. (Foto: Getty)

O próprio jogador comentou sobre sua ambição: “Eu estou faminto. Eu não gosto de perder. Eu me vejo como um vencedor. Estou em uma idade agora, onde eu sou provavelmente um dos jogadores mais experientes, por isso espero que eu possa trazer isso e tentar ajudar meus companheiros”, declarou o atleta.

Leia mais: 8 jogadores do Brasileirão 2019 que já passaram pela Premier League

Versatilidade 

Nas mãos de Pep Guardiola, Delph se tornou nato na posição de lateral esquerdo além de desempenhar sua posição natural, de meio-campista central. Com a nova função, veio o desenvolvimento de habilidades defensivas que contribuíram no equilíbrio geral do atleta.

Delph se desenvolveu como lateral no Manchester City. (Foto: Premier League)

Na seleção inglesa, Delph tem jogado como meia no esquema 4-3-3 de Gareth Southgate. E essa é a posição que provavelmente atuará com mais regularidade no Everton, visto que Lucas Digne tem sido intocável na lateral esquerda.

O fato de poder utilizar o inglês em mais de uma posição foi visto por Marco Silva como algo crucial em sua contratação.

Ambição

Apesar de estar em um clube que sempre entra como favorito nas competições que disputa, Delph queria aumentar o seu tempo de jogo e decidiu sair de sua zona de conforto. Mesmo com uma idade considerável, o atleta quer contribuir de forma mais integral e essa é uma excelente virtude a ser agregada no Goodison Park.

Eu queria jogar mais regularmente e a oportunidade de jogar no Everton foi muito boa para ser recusada”, declarou ele.

O jogador revelado pelo Leeds United chega disposto a se provar mais uma vez e a mostrar a todos que pode ser muito mais do que uma mera opção entre os reservas. Oportunidades não vão faltar.