Com menos holofotes, mas sempre perigoso; FC Bayern chega forte na Champions

Bayern
Foto Destaque: Reprodução/Bayern Munich

Certamente, ao pensar nos prováveis grandes destaques dessa edição da Champions League, lembraremos do PSG, com Messi, Neymar e Mbappé, ou no Manchester United, com Cristiano Ronaldo – e até mesmo no City, de Guardiola. Entretanto, mesmo sem fazer contratações estelares na última janela, o FC Bayern de Munique merece ser incluído nesta lista de candidatos. Portanto, entenda o motivo dos bávaros continuarem sendo uma potência também a nível europeu.

Contratações precisas

Bayern
Foto Destque: Reprodução/Bayern

Mesmo que não possua um elenco recheado de craques midiáticos, o time alemão se caracterizou nos últimos anos por ser cirúrgico em suas contratações. Inegavelmente, existe o fator predatório do clube sobre as outras equipes da Bundesliga. Decerto, o Bayern aproveita bem o mercado doméstico para se reforçar e manter a hegemonia na Alemanha. Enfim, dizer se essa é uma prática boa ou não é assunto para uma outra hora.

Posto isso, é claro que o Bayern não é nenhum pobre coitado que passe por problemas financeiros. Mas se formos olhar em relação aos seus rivais continentais, fica claro que os bávaros apostam em um perfil diferente de reforços. Só para ilustrar, segundo o site transfermarkt, o clube gastou 57,50 milhões de euros nessa janela. Enquanto isso, o PSG gastou 66 milhões, o United 140 milhões e o Chelsea 115 milhões.

Em suma, boa parte do dinheiro gasto nessa janela foi na compra do zagueiro Upamecano. A saber, o clube da Allianz Arena desembolsou 42,50 milhões de euros na compra do defensor. Certamente, não é um valor barato. Entretanto, é um reforço definitivo para o setor mais carente da equipe: a defesa. Isso exemplifica a objetividade e precisão da montagem de elenco do clube.

Veteranos do FC Bayern em ótima fase

Ademais, o time titular do Bayern tem uma média de idade realmente alta. Todavia, alguns dos medalhões da equipe vivem grande fase, sem apresentar queda de rendimento. Decerto, o maior exemplo disso é Robert Lewandowski. Aos 33 anos, o atacante vem de temporadas espetaculares com a camisa do clube. A saber, Lewa marcou 41 gols na última edição da Bundesliga e superou recorde histórico de Gerd Muller. Além disso, o polonês é o atual vencedor do prêmio de Melhor do mundo da Fifa.

O ano de Lewandowski
O ano de Lewandowski
Foto: Reprodução/
Bayern

Além disso, o clube conta com outros representantes históricos em seu elenco. Por exemplo, Thomas Muller, de 32 anos, também vive boa fase. Só para exemplificar, na última temporada o jogador marcou 15 gols e deu 24 assistências. Enquanto isso, no gol, os bávaros podem ter a tranquilidade de olhar para trás e ver Manuel Neuer defendendo sua meta.

Elenco forte

Além disso, o clube possuiu um elenco muito forte, com ótimos jogadores em todas os setores do campo. Atletas de primeiro nível, como Kimmich, Gortezka, Davids e Sané, são exemplos de peças que o Bayern tem à sua disposição.

Treinador prodígio

Após saída de Hansi-Flick para comandar a Seleção Alemã, o Bayern trouxe um badalado jovem treinador para assumir o time. Assim, após bons trabalhos no Hoffenheim e no RB Leipzig, Julian Nagelsmann, de apenas 34 anos, chega como aposta da diretoria para dar continuidade ao trabalho de seu predecessor.

A saber, o técnico ganhou destaque quando levou o Hoffenheim para a Champions League na temporada 2018/19. Em sequência, o treinador assumiu o RB Leipzig. Dessa maneira, sempre mostrando bom futebol, com a equipe conseguiu um vice-campeonato alemão e chegou em uma inédita semifinal de Champions League.

Nagelsmann
Foto: Reprodução/Julian Nagelsmann

FC Bayern: Início promissor

Atualmente, o Bayern lidera a Bundesliga, com 16 pontos marcados em 21 disputados. Ademais, o clube chega com goleada, como um 7 x 0 contra o Bochum pela competição. Certamente, os bávaros são franco favoritos para emendar mais um título na Alemanha.

Da mesma forma, vai bem na Champions League. Aliás, o time estreou no torneio vencendo o Barcelona, com facilidade, por 3 x 0. Portanto, até agora, o início de temporada do clube é bem interessante.

Ponto fraco

Por mais que não sofra muito na Bundesliga, a defesa surge como um ponto fraco do time. Assim sendo, o setor defensivo, às vezes, é considerado lento por alguns torcedores. O que pode trazer problemas para um clube que joga com a marcação alta, uma vez que enfrente um adversário de alto nível técnico.

Contudo, a contratação de Upamecano visa reparar este problema. Agora só nos resta acompanhar para ver se o desempenho do zagueiro francês vai corresponder as expectativas da diretoria do Bayern.